Home > Destaque > Onde foi parar Itamambuca? 

Onde foi parar Itamambuca? 

por | abr 11, 2022 | Ambiente, Destaque, Ubatuba | 70 Comentários

Lembro-me como se fosse ontem do primeiro verão em Itamambuca. O ano era 1997 e eu não passava de uma fedelha aspirante à surfista que não deixava minha tia e seu namorado em paz. 

Praia de Itamambuca, Ubatuba. Foto Janaína Pedroso.

Personificava a famosa “vela”, pessoa conhecida por atrapalhar romances alheios. Isso porque aos finais de semana, quando os pombinhos se mandavam para Ubatuba, ele em busca de onda e ela de dias de praia, estava eu no meio.

Mas, brincadeiras à parte, foi graças ao casal que conheci Itamambuca, aquele paraíso que fez, definitivamente, com que me tornasse uma surfista. 

Contudo, antes de viciar neste esporte, Itamambuca reforçou algo que para mim é o mais mágico desta história toda de surfar. Sentir a energia da natureza, surfar e olhar ao redor e observar floresta e mar. Diferente do Guarujá e picos como Pitangueiras, que apesar de ondas incríveis, oferece um visual deprimente, Itamambuca era perfeita!

Então foi paixão à primeira vista. Ah, como foi. 

Entretanto, ontem chorei caminhando pelas areias de Itamambuca. Uma tristeza tomou-me por completo, apesar de horas antes ter feito a cabeça com uma sessão de surfe daquelas para surfista nenhum botar defeito. 

Longe da prancha e com os pés na areia, vi uma Itamambuca destruída, suja, cansada, mal-tratada. Bituca, pinos de cocaína, plástico, redes, sacos de lixo, garrafas pet. Encontrei de tudo por lá. 

Entretanto, não era só a sujeira que chamava a atenção. Árvores inteiras e milhares de pedaços de troncos faziam com o que cenário lembrasse um filme de fim de mundo. Ao olhar para a encosta, também era possível observar a imensa cratera aberta há semanas na estrada, causando deslizamento de terra que por muito pouco não atingiu casas no loteamento.

Caminhei e chorei, perguntando-me qual será a Itamambuca que meu filho vai conhecer? 

Como haverá de ser o futuro diante das perspectivas nada empolgantes que se referem às consequências das mudanças climáticas? 

Vocês não estão percebendo? Eu nunca vi Itamambuca assim! “Águas de março, Janaína”, “isso sempre existiu” “não viaja”, “lá vem a mensageira do apocalipse com suas teorias de fim de mundo”.

Fim.

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

O Layback Pro Prainha, quarta etapa da temporada 2024/2025 da WSL South America, ocorre de 11 a 14 de julho na Prainha, Rio de Janeiro. Com transmissão ao vivo pelo site da liga, a etapa marca o sétimo campeonato promovido pela marca Layback, desde 2021. Laura Raupp e...

70 Comentários

  1. Elmer rocha

    Poluição nas praias, rios, sujeira nas ruas… Esse é o Brasil, que parece só piorar a cada dia. Falta de educação do povo e falta de vontade dos governantes em resolver os problemas.

    • d2

      problema mundial , tende a piorar

    • Léo

      Limpamos ai com Projeto @RemarLimparEnsinar de Floripa, fomos de guaratuba até angra dos reis remando de stand up e limpando, passamos por todas as praias e a sujeira nos venceu, infelizmente nao conseguimos limpar todas as praia, isso é um problema invisivel pra maioria das pessoas, já estamos ingerindo plástico há muito tempo( peixes) respirando tbm.
      Educação ambiental deveria ser materia obrigatoria em todas as escolas, municipal, estadual ou particular, desde a entrada da criança na escola, até a sua formação. Existe muitas ongs que ajudam na limpeza, conheco várias,trabalho em duas, @Eco Local Brasil, Noronha-Pe,Sp, Rj, Pr, Sc, Rs, e @Remar Limpar Ensinar,mas mesmo assim o lixo esta cada dia mais presentes em todas as praias, onde tem praia tem lixo, animais marinhos estão morrendo, devido ao tanto de lixo que chega no mar, jogado pelos navios, marés,correntes marítimas, ou que vem pelos rios abaixo provenientes das grandes e pequenas cidades, mas nos nao vamos desistir de ajudar a limpá-las, se cada um fizer sua parte, podemos sim combater, mas temos que começar imediatamente…

  2. Dan

    Tirar fotos depois do pior ressaca do ano e reclama que o mar jogou um monte de árvores na areia depois? Serio? Se ela realmente soubesse alguma coisa, saberia que isso acontece duas, três vezes por ano. Achou 1 pino e 1 garrafa PET na praia toda? Wow, que escandalo.

    • Silvia

      Pelo seu descaso, deve ter sido vc que jogou.

      • Jose PaDilha

        Quem conhece Itamambuca há muito tempo sabe que está em marcha um processo de destruição daquela maravilha. O rio Itamambuca há tempo está mais poluído do que o Rio Pinheiros, basta aproximar-se e sentir o cheiro. No loteamento há a cada dia mais terrenos completamente desmatados para construção de casas horrendas com jardins de plantas exóticas mesmo dentro de uma mata Atlântica exuberante com a maior biodiversidade do planeta.

        • zeus

          fora as pousadas com nome de guest house , isso a SAI não interfere

    • zeus

      quem não sabe nada é vc

    • d2

      chuva na serra , desceu tudo . agora a quantidade de plastico é preocupante

    • Ana Guimarães

      Perfeita colocação, Dan!! ????????????????????????

  3. Thiago Cury

    É minha praia favorita de Ubatuba. Estive lá no último feriado de finados e não estava tão destruída assim…dá uma tristeza ver essas fotos pois pretendo voltar lá sempre que puder.

    • Jose

      Quem conhece Itamambuca há muito tempo sabe que ela tem razão. Você sabia que o tio Itamambuca tem mais coliformes fecais do que o Rio Pinheiros? Se não sente o cheiro então não admira que não note a destruição. No loteamento a cada dia aumenta o desmatamento e surgem novas casas horrendas com plantas exóticas que parecem querer expulsar a exuberante mata Atlântica, bioma com a maior biodiversidade do planeta. Uma pena, o povo não sabe conviver com uma maravilha dessas.

      • zeus

        vc esta corretissimo . fora um monte de pousada sendo construida em local irregular , dai chamam de guest house . varias casas sem critério nenhum preservação ambiental .

    • Pri moraes

      Estive em janeiro. Tive uma impressão muito boa. De fato, parece que tivemos chuvas fora do normal fechando o mês de março…agora uma coisa é certa…povo civilizado é povo limpo…estamos longe de ser civilizados…

      • Betão oliveira

        são os locais que devem cuidar , fazer a limpeza e destino da coleta na praia , se em cada praia tiverem pessoas que 1 x por semana se reunam e vão a praia limpa-la tudo ficará melhor !! mãos a obra !! gambate !!!!

  4. Ca

    A questão da chuva é bem comum aqui em ubatuba. Sempre foi, se você voltar no tempo 100 anos atrás já caia muita água e inundava muito a cidade (só perguntar pra um caiçara raiz daqui), mas não tinha esse tanto de gente pra se sentir o impacto. Nos últimos anos tem chovido bem menos, agora que ta chovendo como sempre choveu as pessoas estão sentindo a diferença. O problema real que ubatuba enfrenta é ter uma prefeitura corrupta e desorganizada. Poluição e falta de saneamento básico por todos os bairros. E o nosso novo problema é uma superlotação de gente querendo morar aqui, geralmente com o discurso que ama a natureza e não limpa nem a própria fossa. Grandes construtoras ganhando rios de dinheiro sem investir minimamente no saneamento básico e reciclagem. São tantos problemas estruturais que nem da pra listar em um comentário.

    • zeus

      isso esta sendo um problema não so de ubatuba , mas da costa do brasil inteira e no globo terrestre inteiro

  5. Jose

    Ainda continua linda a pesar de gente que tira fotos é reclama cuando venha leve o seu lixo

  6. Bruno

    Gosta tanto de Ubatuba e não sabe que ela fos castigada por fortes chuvas na semana passada, com muitos deslizamentos e interdições, e não a várias semanas como descrito na reportagem.. cadê as agências de checagem??

    • zeus

      isso é opinião dela , vc que não entendeu nada , pra variar

  7. Bruno

    Basta dar um google pra saber que Ubatuba sofreu muito com fortes chuvas na semana passada, mas de 600mm de aguá por dia na região de Itamambuca, por pelo menos 3 dias consecutivos, com várias comunidades ilhadas, porque não fez matéria solicitando ajuda?

    • skatna

      vc é muito limitado e leviano com opinioes , melhor ir vender parafina

  8. Bruno

    Passe a seguir o perfil oficial de Ubatuba pra ficar mais informada assim não passa ais essa vergonha…

    • zeus

      vergonha tem que passar vc que não consegue entender nem dar opinião , apenas agredir quem toca em um assunto delicado .

  9. Alexandre

    Por causa das chuvas fortes aconteceu esse estrago, mas as pessoas responsáveis já estão tomando providências para que volte ao normal, igual duas semanas antes!

  10. GLAUBER

    Poxa!! Vá ver Tabatinga, abandono completo. Rio do mesmo nome igualmente poluído e agora invadida por gente que adora poluição sonora. Pobre litoral norte, que muito vai piorar com a Tamoios sendo duplicada no seu trecho de serra, podem apostar.

  11. Eri

    A partir de junho os veranistas não perdem por esperar: Ubatuba passará a cobrar taxa de acomodação por veículo. Aí pode ser que tenha grana para cuidar de Itamambuca e periferias desleixadas e abandonadas!

  12. Marcelo rod

    Sua preocipaçao é secundaria. O mais grave, é duplicar estradas e facilitar o acesso de milhoes, a municipios com 4O/1OO, na media, de esgotamento sanitario. Tronco de arvore na Praia? Vou pro LN de SP desde 77 e sempre teve. Buraco na Rio Santos? Sempre tera e vai piorar. A estrada é um projeto mal feito, que desconsiderou o clima umido local

  13. Waldyr

    Todo litoral norte sofre com a falta de saneamento básico poluindo nossos rios e consecutivamente o mar, sofre com as invasões e construções clandestinas e irregulares onde desmatam mais do que é permitido e cimentam tudo, constroem piscinas e mega casas de veraneio. Junta tudo isso com a falta de educação do povo que não leva seu lixo, com políticos corruptos e instituições falidas e devagar vamos perdendo a beleza e a vida de todo o nosso litoral.

  14. Bruno

    Matéria rasa e sem fundamento algum.
    A autora, até em tom maldoso por não ser associada do condomínio, não deve saber que itamambuca passou por uma das piores chuvas dos últimos anos e muito menos querer colaborar com a reconstrução de uma das melhores praias do litoral. Como nunca fez com o condomínio.
    Por conta de gente assim, eu pergunto para onde vai itamambuca ?
    Para reclamar tem muitos, para ajudar quase nenhum. Frequentadores como esses definitivamente são os tipos de pessoas que não precisamos aqui.
    Itamambuca irá se reconstruir e voltará a ser o que era antes, fruto de muita união e força de vontade dos que estiverem aqui contribuindo.
    E a autora continuará buscando um espacinho na mídia com esse tipo de matéria fraca e tendenciosa

    • zeus

      vc não entendeu nada a opinião da jornalista , tendencia de quem não tem noção de nada que acontece mundo afora

  15. Bruno

    Matéria rasa e sem fundamento algum.
    A autora, até em tom maldoso por não ser associada do condomínio, não deve saber que itamambuca passou por uma das piores chuvas dos últimos anos e muito menos querer colaborar com a reconstrução de uma das melhores praias do litoral. Como nunca fez com o condomínio.
    Por conta de gente assim, eu pergunto para onde vai itamambuca ?
    Para reclamar tem muitos, para ajudar quase nenhum. Frequentadores como esses definitivamente são os tipos de pessoas que não precisamos aqui.
    Itamambuca irá se reconstruir e voltará a ser o que era antes, fruto de muita união e força de vontade dos que estiverem aqui contribuindo.
    E a autora continuará buscando um espacinho na mídia com esse tipo de matéria fraca e tendenciosa
    Aos donos do meio de comunicação, sugiro revisão dos seus colunistas rsrsr passou vergonha

    • zeus

      aprovita e pede na SAI que não permita mais construcões de pousadas em area irregular , ou vai falar que não é pousada ? é guest house .

    • joel

      acho que quem passou vergonha foi vc amigo

  16. Virginia

    Janaína, eu concordo com você, as mudanças climáticas estão trazendo destruição em todo o planeta. Nossa linda Itamambuca também sofreu os efeitos do clima extremo, com chuvas torrenciais.
    Eu frequento Itamambuca desde 1982, tenho casa aí desde1984, e já vi alguns períodos complicados no condomínio.
    Eu tenho esperança que em breve nossa linda praia estará recuperada ! Temos uma equipe na sociedade de amigos de Itamambuca bem engajada com as questões do meio ambiente Essa fase vai passar!!!
    Seu artigo é um alerta importante, e verdadeiro, mas é fundamental não desanimar, vamos colaborar como for possível pela recuperação do nosso paraíso !

  17. Ana Gatti

    Tenho um carinho enorme por Itamambuca, vivi momentos mágicos de integração com a natureza e beleza desta praia. O melhor lugar do mundo inteiro até chegar lá em janeiro deste ano. Fiquei horrorizada, cadê aquela praia espetacular? Os restos de gravetos e troncos que a SAI costumava tirar estavam lá, amontoando-se. O público também era bem diferente. Cheguei numa segunda feira e, até quarta, era um público bem diferente daqueles dos velhos tempos. De quinta em diante magicamente esse público foi, paulatinamente, sendo substituído pelas famílias, a SAI, a partir de sexta, começou a atuar na praia para a limpeza mas nada perto do que era antigamente. Cheguei, choquei e depois vi que não somente a natureza, de mas quem frequenta faz toda a diferença. Os últimos dias foram mágicos como antigamente mas com estes gravetos amontoados pela praia toda.

  18. Alexandra cosme

    É o resultado das fortes chuvas que tivemos por estes dias, a praia está com detritos de folhas, galhos d árvores que desceram o rio com a força das águas, é ação da natureza mostrando sua força, a praia não está tomada de lixo e sim de matéria orgânica, normal em época de muita chuva, a praia de Itamambuca está sempre se modificando de acordo com as estações do ano, as condições climáticas e marés mudam o cenário da praia sempre, é normal.

    • nao trabalho na sai

      concordo com vc mas tem muito micro plastico sim , problema ambiental preocupante

  19. فرشینه

    this is soo good

  20. Duda Giffor

    Itamambuca está entre as praias mais limpas e preservadas do litoral norte.
    Tem em suas ondas, uma combinação perfeita para os amantes do surf, mas por ser uma praia de mar aberto, sofre com as consequências das resacas .
    Essas fotos publicadas acima nao refletem a realidade da praia, mas sim uma consequência de de chuvas muito acima do normal combinado com maré de Sigízia.
    Quanto ao rio, esse sofre com as construcoes irregulares das vilas situadas fora do condomínio, onde a prefeitura simplesmente nada faz para inibir tais construções.
    Agora quanto aos dejetos deixados na praia, isso se deve a 40 anos de esquerda no comando do país onde nada fizeram para a educação da população.

    • zeus

      claro , 40 anos de esquerda no poder é o motivo , só pode ser piada seu comentário .

  21. Angela

    Todo o litoral está sofrendo, ,consequencia das mudanças climáticas, o homem modificando a natureza em ritmo acelerado, construções inadequadas, falta de educação das pessoas,políticas públicas não tomam providências adequadas e por aí vai, até quem sabe voltar a 100 anos atraz

  22. Angela

    Todo o litoral está sofrendo, ,consequencia das mudanças climáticas, o homem modificando a natureza em ritmo acelerado, construções inadequadas, falta de educação das pessoas,políticas públicas não tomam providências adequadas e por aí vai, até quem sabe voltar a 100 anos atraz

  23. Tiago

    É raro comentar post, mas diante deste minha raiz do mar não teve como não falar, esse fenômeno é comum! A sujeira e os plásticos do oceano são problemas crônicos contemporâneos de fato, mas quem nasceu na frente do mar sabe que o mar tem comportamento e personalidade, quem nunca viveu uma ressaca!? Tudo aparece no dia seguinte, vômitos, lembranças, memórias e tudo que está esquecido vem a tona. Pra mim é tão claro e análogo uma ressaca humana e uma ressaca do mar que é até difícil falar sobre. Acho que por viver em área de mar aberto é mais comum ver cenas como está, com certeza essa não é tão comum em praias mais fechadas como Itamambuca e praticamente todas as outras de Ubatuba. O meio ambiente está um colapso de fato, mas fique tranquila, isso que você vê é natural.

  24. egylive

    Todo o litoral está sofrendo, ,consequencia das mudanças climáticas, o homem modificando a natureza em ritmo acelerado,

  25. kora star

    Todo o litoral está sofrendo, ,consequencia das mudanças climáticas, o homem modificando a natureza em ritmo acelerado,

  26. جول العرب

    Todo o litoral está sofrendo, ,consequencia das mudanças climáticas, o homem modificando a natureza em ritmo acelerado

  27. João Marou

    Não sei o que é pior, a quantidade de lixo na praia ou a qualidade do post da autora
    Itamambuca foi devastada pelas chuvas !

    • zeus

      volta pra escola

  28. Jade

    Matéria bem ruim.. muito mal redigida
    A sujeira nas praias não tem nada a ver com o abandono de itamambuca. O lixo nos oceanos é um problema global

    • zeus

      é o abandono do planeta terra , vc que não entendeu

  29. Carla

    Gente não da para comparar itamambuca de 30 anos atrás com agora, depois de uma semana de uma das piores chuvas dos ultimos anos
    Pelo amor….

  30. gustavo

    Que texto ruim. Espaço muito mal utilizado. Uma coisa não tem nada a ver com a outra

  31. Gabriela

    Onde foi parar as boas reportagens do OUL?
    A sujeira na praia não está relacionada ao descaso das pessoas com itamambuca

    • skatna

      sim claro , plastico cai do céu igual chuva .

    • Betão oliveira

      são os locais que devem cuidar , fazer a limpeza e destino da coleta na praia , se em cada praia tiverem pessoas que 1 x por semana se reunam e vão a praia limpa-la tudo ficará melhor !! mãos a obra !! gambate !!!!

  32. Joao

    Medo de discordar e ser atacado pelos autores

    • Nivaldo Dias

      Buenos. Tenho fotos de 95 em Itamambuca quando houve uma chuva arrasadora como está. São árvores pela areia com raiz e tudo. Tirei fotos com uma menina em cima de uma delas, árvore dentro d’água, comigo ao lado e a praia do jeito que tu mostra, cheia de detritos, menos as porcarias humanas. É linda assim como o Felix , Vermelha do Norte e as dezenas de maravilhas de Ubatuba. São 27 anos e os moradores na época já se mostravam assustados assim como em Picinguaba que sofreu muito na época com a colônia de pescadores tendo muito prejuízo.

  33. Marcelo Favaro

    É triste ….. com relação a destruição da natureza , ela se recupera , pois a uns 25 anos atrás também aconteceram chuvas torrenciais que destruíram várias praias da região , e alguns meses depois as pessoas de bem limparam e a natureza se recuperou . Agora as demais sujeiras que comentou , dos seres humanos “porcos” , essa não sei se será recuperada , pois vemos praias que na nossa infância eram lindas e limpas , hoje sujas , poluídas e impróprias para banho . Infelizmente !

  34. Boa

    Boa

  35. andre

    Achei o texto fraco. Concordo que são assuntos diferentes e não está ligado ao descaso com itamambuca.
    É só minha opinião, por favor não me ataquem

    • Betão oliveira

      aliás , esses resíduos de vegetação são importantes para o meio ambiente , não devem ser removidos , a natureza se arruma , deve – se sim retirar oque não é orgânico , plásticos e etc !!!!

  36. Renata marion

    Estive em Itamambuca dias antes do ocorrido e fiquei pasma qdo vi no noticiario sobre os deslizamentos, olhando as fotos é muito triste de acreditar…

  37. Aline

    Olha, me desculpa, mas sou moradora da Itamambuca e essa chuva que caiu não foi normal. 600mm nunca foi “águas de março ” . Ruas bloqueadas, lama invadindo o condomínio, pessoas atingidas pela enxurrada. Tudo isso foi prioridade para a associação do bairro e a praia ainda sofre com o lixo e os galhos que vieram pelo rio e pela ressaca que não foi pouca. Mas os moradores já se mobilizaram, dono de pizzaria dando brinde pra quem pegasse mais lixo, esse final de semana vai rolar uma ação pra tirar o microlixo, enfim, quem mora aqui sabe… Itamambuca nunca vai ficar largada. A gente mora aqui pq ama esse lugar.

    • Juba

      Depois das fortes chuvas, com o deslizamento de diversas encostas, todos esses troncos e galhos acabam aparecendo. Mas esse lixo plástico realmente não deveria existir. Falta educação e vontade política. Alguns anos atrás a prefeitura tinha parado de coletar lixo reciclável, ou seja, já não havia a necessidade (que deveria ser obrigação) de separar o lixo. Separei e deixei lá na vaga de estacionamento da câmara de vereadores e do prefeito de Ubatuba. Espero que isso tenha mudado, não sei como está a questão da coleta de lixo reciclável em Ubatuba. Nesse ano fui para Natal e João Pessoa. Nessas capitais não há a coleta de lixo reciclável. Em cidade turística, onde esse tipo de lixo é produzido em quantidade muito maior, se não dá a destinação correta, ele vai aparecer em algum lugar. Não há milagre… incrivel o apagão ambiental que esse pais vive. O que torna Ubatuba um lugar realmente especial é que ela tem boa parte do seu território intocado. Se aumentam os números de imóveis, vocês vão arrebentar o lugar pela mudança da paisagem e pelo aumento de pessoas. Fernando de Noronha, por exemplo… O que mantém e manterá o local bonito (embora a vegetação nativa já seja em boa parte substituída por Leucena) é a limitação de pessoas e a colocação de regras. A prefeitura deveria avaliar também cobrar taxa para utilização das praias pelos turistas (se for verdade, a cobrança de taxa por veículo é interessante). Essa taxa já custearia fiscais e funcionários para manter as praias limpas (e não mataria o turismo, o turista não deixará de ir por pagar isso). A limitação de construções e de pessoas é uma necessidade.

  38. Juba

    Algo que preocupa bastante em Ubatuba é o esgoto. Pelos comentários o esgoto está sendo despejado nos rios. Como é o tratamento em Ubatuba? Tem aquelas patifarias de emissários (como acontece no RJ e em praias de SC)? Já há um problema de dimensionar rede em cidade de população flutuante, que em um dia passa de 80 mil a mais de um milhão. Ubatuba tem como agravante a quantidade de chuvas. Qual a qualidade do esgoto tratado que é devolvido a natureza. Em geral essas empresas de saneamento dizem que a água que retorna é ‘ambientalmente aceitável’. Vejam se esses desgraçados tomam dessa água que devolvem (claro que não). Se a água não retorna limpa, a matéria orgânica vai sendo acumulada. Aí voltamos ao problema do excesso de imóveis e pessoas. Ubatuba continuará uma das regiões mais bonitas do mundo se observarem os limites de ocupação.

  39. Julio

    O consumo de pó branco ( coca ) é tão alto, que no meio da foto da vegetação da areia aparece o pino azul. Eita.

  40. Reabilitação

    achei interessante sua publicação

  41. Humberto Novackz

    Bem assim! Conheci Itamambuca quando era praticamente uma criança, no início do surf, tinha uns 14 anos… fui algumas vezes, e nunca mais!! Nesta época, surfávamos com golfinhos e tartarugas ao lado. No final de 2021, quis voltar nessa praia que nunca apaguei da minha memória, relembrar a juventude. E então, com 50 anos, vi uma Itamambuca, que nunca imaginei ver na minha vida… os homens precisam ficar atentos, pela destruição. Foi um dia bom, com minha esposa! Mas triste de ver como a natureza não é respeitada.

inscrição feita!

Pin It on Pinterest