Home > Campeonatos > FLORIPA PRO 2022 PROMOVE PAUTAS SOCIOAMBIENTAIS

FLORIPA PRO 2022 PROMOVE PAUTAS SOCIOAMBIENTAIS

por | dez 20, 2022 | Ambiente, Campeonatos, Destaque

A diretoria de Meio Ambiente da Federação Catarinense de Surf elaborou um Plano de Gestão Ambiental para reduzir impactos do evento Floripa Pro 2022

Floripa Pro 2022, quinta e última etapa do Circuito Profissional da Federação Catarinense de Surf (FECASURF) na Praia do Matadeiro, ao sul da Ilha de Santa Catarina, promove pautas socioambientais através da diretoria de Meio Ambiente, comandada pelo biólogo Reinaldo Langer Jaeger.

Floripa pro 2022 na praia do Matadeiro. Foto Marcio David/Fecasurf

Para a etapa da Praia do Matadeiro, foi elaborado um Plano de Gestão Ambiental (PGA) com foco no Rio Sangradouro, que nasce na Lagoa do Peri e divide as praias da Armação e do Matadeiro.

Em 2019, já havia uma preocupação com a poluição do Rio Sangradouro. Conforme matéria publicada no site ND+, os integrantes da Amapram (Associação dos Moradores e Amigos da Praia do Matadeiro), alertaram que ela se intensificava após dias de muita chuva.

De acordo com João José Fagundes, a Praia do Matadeiro é a “ovelha negra” do Sul da Ilha, pois o esgoto de regiões como Sertão do Pântano do Sul, Parque do Açores, Costa de Dentro e Canto do Pântano do Sul, desemboca nesta praia.

“A diretoria da ASM foi unânime no sentido de trabalhar durante o evento, a pauta do Rio Sangradouro”, disse o Pastor Guto, presidente da Associação de Surf da Armação e Matadeiro (ASM). “Vamos destacar a questão dos dejetos, da poluição, o fato de muita gente não ter nem fossa e fazem a ligação direta para o rio, que acaba vindo tudo aqui para o mar do Matadeiro. Então, seria bem legal trabalhar a questão da conscientização destas pessoas”.

Rio Sangradouro pede atenção

Com o objetivo de colaborar e fortalecer a conscientização da população e órgãos públicos, a Diretoria de Meio Ambiente da FECASURF vai produzir um minidocumentário sobre a situação do Rio Sangradouro, visando a sensibilização, conscientização e educação socioambiental para uma melhor preservação deste grande tesouro natural da Armação e do Matadeiro. Serão entrevistados surfistas, pescadores e moradores locais, como o presidente da FECASURF, Renato Melo, surfista nativo da Praia do Matadeiro.

Também haverá ampla divulgação desta pauta pela locução do evento para quem estiver na praia, ou assistindo a transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo www.fecasurf.com.br. A Diretoria de Meio Ambiente da FECASURF, em conjunto com a ASM (Associação de Surf da Armação e Matadeiro), elaborou um Plano de Gestão Ambiental (PGA) para o evento, com Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Líquidos, Programa de Proteção de Ambientes Frágeis e Protegidos, Programa de Mobilidade Urbana, Programa de Compensação de Gases de Efeito Estufa, Programa de Comunicação Social e Educação Ambiental e Programa de Engajamento Social.

O Floripa Pro 2022 Etapa Matadeiro é realizado pela Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e Associação de Surf da Armação e Matadeiro (ASM), com patrocínio da Prefeitura de Florianópolis, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, da Moto Store Yamaha e apoio da Fu-Wax, Silverbay, Restaurante do Aécio, Restaurante Mergulhão, Restaurante Vieira, Restaurante Bolinelli, Pousada Pires e Sul da Ilha Surf Bar. A última etapa do Circuito Catarinense Profissional de 2022 será transmitida ao vivo pelo www.fecasurf.com.br.

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

O surf de Yago brilhou em El Salvador. A etapa Surf City El Salvador Pro finalizada ontem, 09, mostrou que o Brasil está na briga por mais um título mundial. Apesar da vitória de John John Florence, os brasileiros Yago Dora, vice-campeão, e Gabriel Medina avançaram no...

A história por trás de um viral emblemático do surf

A história por trás de um viral emblemático do surf

A internet trouxe com ela alguns fenômenos e um deles é sem dúvida o viral, aquele vídeo ou foto que viraliza, e alimenta o algorítimo em escalas montanhosas; e o surf também surfa a onda. Quanto mais visualizações, mais o bicho ganha tração. No surf há inúmeras...

0 comentários

inscrição feita!

Pin It on Pinterest