Home > Campeonatos > Se na Copa temos jogadores bambos, no surfe o Brasil segue firme e forte

Se na Copa temos jogadores bambos, no surfe o Brasil segue firme e forte

por | jul 4, 2018 | Campeonatos, Notícias, Opinião | 1 Comentário

Em tempo de Copa do Mundo fica quase impossível conseguir um espaço com um mísero blog de surfe…

Por Janaína Pedroso

Se por um lado temos Neymar Jr. nos gramados com seu talento, e sua coleção de meme’s. No surfe há Medina e Toledo que se arriscam sem muito tempo pra encenação.

No gramado o lance pode estar mesmo meio nutela, mas no mar o bicho pega e o lance acaba ficando raiz. Como bem disse Filipe Toledo no release divulgado pela Liga esta tarde:

“Naquela onda que recebi 9,5, minhas pernas estavam queimando depois de tantas manobras”, contou Filipe Toledo.

Ave Filipe!? O que seria dos brasileiros a ausência de bravura e  comprometimento executados por meio de manobras arriscadíssimas?

Ano passado, o menino nascido em Ubatuba deu alegria aos fãs pelo mundo, faturou o caneco e virou rei em J-Bay.

E Medina que no ano passado saiu nas semifinais derrotado pelo português Frederico Morais, será que este ano ele dá o troco e fatura de uma vez por todas J-Bay?

Tatuagens e afins

Para eternizar a vitória no ano passado, Filipe Toledo tatuou um leão no peito. O brasileiro é fã de tatuagem e coleciona uma extensa lista de desenhos pelo corpo. Porém, parece estar longe de hábitos metrossexuais de jogadores como David Beckham ou Ricardo Quaresma.

Medina é outro que coleciona alguns rabiscos pelo corpo, e apesar de fazer uma linha mais “soft”, todo amigo das celebs globais e curtir funk e pagode, quando entra na água é hardcore, punk rock na veia! E no final das contas é isso que vale!

Independente do gosto musical, penteados, tatuagens e afins, a dupla brasileira segue com a maestria de velhos guerreiros como Garrincha e Pelé. Já que Filipe e Gabriel são os únicos combatentes brasileiros que ainda restam na África do Sul.

E neste palco não tem gramado perfeito muito menos estádios de bilhões e intermináveis áreas VIPs. Na Copa do Surfe a água é gelada, o fundo é de pedra e seus adversários estão longe de serem somente surfistas rivais.

Talvez, neste jogo o principal oponente seja mesmo uma das criaturas mais temíveis e fascinantes do planeta: os poderosos tubarões brancos!

O gosto amargo do ataque

Quem é capaz de esquecer o fatídico julho de 2016, quando durante a final do evento o australiano sofreu uma tentativa de ataque?

A sorte está lançada!

O evento deve acabar nesta quinta-feira (11), portanto fique ligado que está madrugada muitas decisões importantes e batalhas serão travadas.

Dando sequência ao show de surfe, a etapa feminina está programada para começar na sexta, 12.

A primeira chamada para as quartas de final será às 2h30 da madrugada, horário de Brasília.

 

Estilo puro nas linhas perfeitas desenhadas por Filipe Toledo em J-Bay. Foto WSL / Cestari / Divulgação.

 

E aí, quem vence essa disputa??!

 

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Revolução do surf feminino a partir de igualdade nas ondas

Revolução do surf feminino a partir de igualdade nas ondas

Definir este momento na história do surf feminino é desafiador. As recentes competições em Pipeline e Sunset deram ao público uma visão significativa do que esperar do futuro do surf feminino de competição. Por muitos anos, a superioridade masculina foi a norma,...

Onde assistir o ISA World Surfing Games 2024

Onde assistir o ISA World Surfing Games 2024

Saiba onde assistir ao ISA World Surfing Games que promete ser um dos eventos mais empolgantes do ano para os fãs do surf, reunindo os melhores atletas do mundo em uma competição que não só celebra o esporte, mas também oferece as últimas vagas para os Jogos Olímpicos...

ISA 2024: caminho para Olimpíadas e sustentabilidade em foco

ISA 2024: caminho para Olimpíadas e sustentabilidade em foco

Os Jogos Mundiais de Surf da ISA de 2024 prometem ser um marco no calendário esportivo global, reunindo os principais talentos do surf em busca de uma vaga nas Olimpíadas de Paris 2024. O evento, agendado para ocorrer de 23 de fevereiro a 3 de março, será realizado...

1 Comentário

  1. AntoniaBiggie

    Hi webmaster, i’ve been reading your posts for
    some time and I really like coming back here.

    I can see that you probably don’t make money on your page.
    I know one interesting method of earning money, I think
    you will like it. Search google for: dracko’s tricks

Trackbacks/Pingbacks

  1. Se na Copa temos jogadores bambos, no surfe o Brasil segue firme e forte - Portal Nova Contagem - […] <p>Créditos de imagem: WSL / Divulgação / Tostee, Arquivo pessoal/Instagram, WSL / Cestari / Divulgação. Em tempo de Copa…

inscrição feita!

Pin It on Pinterest