Home > Olimpíadas 2020 > Pandemia e Medina ofuscam momento histórico do surfe

Pandemia e Medina ofuscam momento histórico do surfe

por | jul 23, 2021 | Campeonatos, Colab, Coronavírus, Destaque, Olimpíadas, Olimpíadas 2020, Opinião | 21 Comentários

Neste sábado, 24, o sonho olímpico do surfe enfim será realizado. Integrar o programa olímpico ainda é o maior reconhecimento para um esporte. Para quem acompanhou os primeiros passos do profissionalismo brasileiro e mesmo mundial, é um momento histórico, de celebração. Nunca tanta atenção global estará direcionada para o surfe. Quem até hoje não sabe quem são Gabriel Medina, Italo Ferreira, Silvana Lima e Tatiana Weston-Webb, ficará conhecendo.

por Diogo Mourão

Em tempos tão pesados, porém, apenas a palavra celebrar já soa estranha. Ainda é difícil encontrar motivos para celebração em meio a milhões de mortos e um vírus ainda sem controle. E olha que estamos apenas falando do mundo. Se formos pensar só por aqui….

Os Jogos em Tóquio vão ocorrer, com sentimentos estranhos ou não. O surfe participa pela primeira vez e a Olimpíada pode ser o canhão que o esporte precisa para se fixar no mainstream do sportainment e atrair mais investimento de marcas globais. Dar um salto e ficar mais perto de esportes individuais muito mais ricos, como tênis e golfe.  Sobre como a essência do surfe sobreviverá ou se adaptará é assunto para outro texto.

Gabriel Medina durante treino fisico na base brasileira de Tsurigazaki. Foto Júlio César Guimarães/COB.

No Brasil o cenário é favorável. Como estamos cansados de saber, o brasileiro vive paixões momentâneas por esportes vencedores. O surfe é o esporte da vez, está em alta e deverá subir ainda mais de nível com as esperadas medalhas olímpicas. Pode até não acontecer, mas Medina e Italo são os mais cotados para fazer a final e existe forte pressão pelo ouro, tido como certo por quem não acompanha o surfe e não sabe que muita coisa pode acontecer num campeonato. Tatiana e Silvana correm com menos peso, mas boas chances de pódio. Para se ter ideia do tamanho do surfe e das expectativas, Medina e Silvana entraram ao vivo com Galvão Bueno durante cerimônia de abertura.

Parece um sonho. Comecei a escrever matérias sobre a possibilidade de o surfe integrar o programa olímpico nos anos 1990. Os principais argumentos contrários ao surfe sempre foram o número reduzido de países com a prática do esporte em alto nível e não ser um esporte universal, pois praticamente exclui os países sem litoral.  O mundo e o surfe não mudaram, mas a necessidade de as Olimpíadas dialogarem com público mais jovem, buscar novos públicos, abriu caminho para surfe, skate e escalada em Tóquio. Preparem-se, Paris-24 terá break dance.

Tatiana Weston-Webb. Foto de Júlio César Guimarães/COB.

Em um momento de marco histórico, entro novamente numa onda do tempo para lembrar de situações vividas em redações ao tentar dar mais espaço para o surfe.  Em 27 de novembro de 1991, Teco Padaratz venceu o Alternativa Surf, etapa do Circuito Mundial no Rio.  Com a linda foto do Teco no pódio com um mar de milhares de pessoas na Barra, rumei até onde ficavam os responsáveis pela primeira página pleiteando por espaço, pois naquele domingo o futebol era fraco.

Surfista não lê jornal?

“Surfista não lê jornal. E quando lê, não lê o Globo”, foi a resposta do editor ao meu pleito. Tive de me contentar com a primeira página do Caderno de Esportes e uma foto na Página 2, como prêmio de consolação.

Capa do Caderno de Esportes do Globo com a histórica vitória de Teco Padaratz no Alternativa de 1991

 

Não custa lembrar para a galera que vai descobrir o surfe agora: antes da Brazilian Storm o Brasil foi representado por uma boa geração de surfistas, liderada pela dupla Teco e Fábio Gouveia, e teve como maior destaque o terceiro lugar no ranking final de Victor Ribas, que até virou estátua em Cabo Frio (RJ).

Vinte anos depois da batalha perdida pela primeira página, já tinha saído da grande imprensa e estava no comando da comunicação da Etapa do Brasil no Circuito Mundial. Também com a praia cheia na Barra, Mineirinho venceu e assumiu a ponta do ranking de 2011. E, para alegria do assessor e do patrocinador, a foto de Mineirinho no pódio foi para a primeira página, provavelmente sem um diálogo como o de vinte anos antes.

Vinte anos depois, já não foi preciso brigar para ver o Mineirinho na primeira página do jornal.

Passados mais dez anos, às vésperas dos Jogos, o surfe está em tudo quanto é lugar da mídia, mesmo fora das páginas de esportes, principalmente por causa da polêmica sobre a não ida de Yasmin Brunet para acompanhar o marido Medina em Tóquio. Não vou entrar na discussão do mérito da questão novamente, mas o que mais incomoda nessa novela é o fato de o assunto ter ocupado tanto espaço que a estreia do surfe nas Olimpíadas ficou em segundo plano e o restante da equipe brasileira, meio esquecida.

Outro fator a lamentar é que a estreia do surfe não será em ondas perfeitas, clássicas, o que faria o espetáculo muito mais bonito e atraente. Ficou para Paris-24, que terá a disputa do surfe no Taiti.

Mas mesmo com esse clima de estranheza no ar, é hora de caprichar no café para torcer pelos brasileiros do surfe e dos outros esportes. Para nós não deverá ser difícil, pois já estamos acostumados a acompanhar as etapas australianas.

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

O Layback Pro Prainha, quarta etapa da temporada 2024/2025 da WSL South America, ocorre de 11 a 14 de julho na Prainha, Rio de Janeiro. Com transmissão ao vivo pelo site da liga, a etapa marca o sétimo campeonato promovido pela marca Layback, desde 2021. Laura Raupp e...

21 Comentários

  1. gabriel torggler

    o fato é que surfista parece que nao le jornal mesmo . atletas de ponta sem duvida , todos apoaindo esse governo grnocida. de que adianta levar ouros e apoiar o genocidio vigente .

    • Gerhard

      Ridícula as postagens acima,falar mal do Medina e ainda colocar política no meio das postagens , Medina é um exemplo para o esporte Brasileiro e Mundial.

      • Camila

        A culpa não é do Medina e sim da mídia que prefere fofocar sobre a vida dele do que dar ênfase no momento histórico para os jogos olímpicos. E aliás, para a mídia parece que só existe Medina. Quantos outros excelentes atletas temos, mas nunca tiveram importância para as matérias….A culpa não é dos atletas, mas das redes de comunicação e dos jornalistas que só se interessam por matérias sensacionalistas

        • Celia

          Parabéns pela perfeita análise!

      • Anderson Soares

        Penso que Medina tem caminhado na imaturidade. Como Charlão e family faz falta na vida dele… Um conselho sabio: “Volra para base Medina!!!”

    • Tony Axe

      Papo de governo genocida..Foi o do PT que roubou muito não este

  2. CLEONILDO SENA SANTOS

    Não manjo de surf mas gostava muito da época do Teco. O problema não é não ler jornal; o problema é ser alienado. Até gostava do Medina mas esses lances da vida dele, quase sempre acompanhado de pessoas duvidosas como Neymala e afins, fez tomar antipatia por ele. Ainda mais sabendo, principalmente, das inclinações políticas dele. Se torcer, com certeza vou de Ítalo. Medina e a novela Yasmin, da família e que tais, dá nojo de ver. Creio que ele precise repensar muiitas coisas. Ah, e não precisa ler jornal para saber interpretar texto, como no caso do COB. Pronto, falei!

    • Gerhard

      Você não entende de surf e nem de política.

      • CLEONILDO SENA SANTOS

        Dispenso comentários de alienados. Passe bem!

    • Ana Almeida

      Concordo plenamente! Tentaram tirar o brilho do surf e dos outros competidores para jogar os holofotes neles. Medina pode ser ótimo surfista mas suas últimas atitudes…

      • jose alcides vieira alcides

        Olha o Medina tá no caminho dele,tá querendo ,tá faca nos dentes .
        O problema q a mídia gosta de fazer polêmica em tudo que vê ou ouviu falar fofoca. Esse atleta e um exemplo tá sempre focado nunca vi tão bem preparado para dois evento que nem ele.
        Outro problema quando ele chegar no pódio vai ter um monte de papagaio de pirata pra comprimentar aí fica fácil???

  3. Lilian

    Espírito de esporte: o que importa é o evento e à performance. O resto é especulação. A graça desse momento sonhado há décadas é o foco no momento.

  4. Mauro

    Se era verdade que surfista não lê jornal, o que não acredito , o editor perdeu uma boa oportunidade de vender jornal, porque surfista sempre leu revista de surf.Por que não começaria a ler jornal, se a matéria fosse boa?

  5. Italo

    A mídia como sempre querendo atacar nossos ídolos né em vão que odiamos os melhores atletas atuais

  6. leahhorse

    안전놀이터
    Really very happy to say,your post is very interesting to read.I never stop myself to say something about it.You’re doing a great job.Keep it up

  7. سرطان استخوان

    سرطان استخوان به ندرت علت درد و خشکی مفصل است، اما این امکان وجود دارد. افراد مبتلا به سرطان استخوان ممکن است درد مفصلی یا درد استخوان داشته باشند. همچنین ممکن است بیمار تورم یا حساسیت در نزدیکی استخوان داشته باشد.

  8. สล็อตแตกง่าย slot xo เครดิตฟรี

    Slot xo game สมัครสล็อตxo สมัครสมาชิกกับเราวันนี้รับฟรีโบนัส 50% สำหรับสมาชิกใหม่ ฝาก-ถอนเงินครั้งแรกขั้นต่ำ 100 บาท ครั้งต่อไปไม่มีขั้นต่ำ

  9. از بین بردن چروک

    عمل زیبایی که گستره وسیعی از عمل ها، مانند: تزریق برای از بین بردن چروک، از بین بردن موی زائد با لیزر، لیفت با نخ، بزرگ کردن سینه، زاویه سازی و تغییر فرم فک،گونه و صورت، جراحی بینی، لیپوساکشن و تزریق چربی اتولوگ را در بر می گیرد، در جهان امروزی کم کم به امری عادی و رایج تبدیل شده است.

    • drhoseinisianaki

      i agree with you this post very nice & useful.
      good luck

inscrição feita!

Pin It on Pinterest