Dirigido por Isaac Halasima, ‘Waterman’ explora a jornada e o legado de Duke Paoa Kahanamoku. O documentário, com estreia prevista para algum momento de 2022, traz depoimentos das maiores estrelas do surfe internacional, incluindo Carissa Moore, medalhista olímpica. Além dos depoimentos, a obra traz imagens raras do atleta, expõe desafios da vida pessoal e profissional a partir de relatos e entrevistas.

por Janaína Pedroso

Medalhista olímpico e detentor de quebras de recordes nos jogos de Estocolmo (1912), Duke é o responsável por ter apresentado o surfe para o resto do mundo, sendo considerado até hoje o ‘pai do surfe moderno’. Nascido em Waikiki, o exímio nadador, socorrista e surfista morreu em 22 de janeiro de 1968, aos 77 anos de idade.

Assista ao trailer de ‘Waterman’

Duke em cena do documentário ‘Waterman’. Reprodução YouTube/Sidewinder Films.
Filme exibe racismo enfrentado por Duke. Reprodução YouTube/Sidewinder Films.