Home > Destaque > ‘Expression session’; notas salgadas

‘Expression session’; notas salgadas

por | mar 9, 2022 | Destaque, Notícias | 4 Comentários

A Guerra está longe de acabar, e enquanto o mundo assiste a mais um show estúpido, coisas acontecem no mundo do surfe. 

Atualmente, ando pra lá de fora. Assumi o modo mãe e ele simplesmente não quer sair de mim de jeito nenhum. Por isso, peço compreensão. 

Também ando com dificuldade para encerrar ciclos, e toda vez que aparece alguma coisa acabo voltando por aqui. 

Seja sobre uma etapa do circuito mundial, Nazaré absoluta, ou uma denúncia de agressão, vários são os motivos para seguir com o OrigemSurf.

Com lançamento previsto para novembro, Surfland supera 400 milhões em vendas 

A Surfland, em Garopaba, deve “abrir as portas” em Novembro deste ano. 

Com mais de 4 mil vendas e 400 milhões até aqui, o empreendimento da Surfland terá sete prédios: Ferrugem, Rosa, Vermelha, Barra, Ouvidor, Silveira e Siriú. Os nomes são homenagem às praias da região. 

Além da piscina de ondas, o complexo terá um skatepark de 2 mil m², planejado pelo fenômeno do skate Pedro Barros. 

Restaurantes, academias, complexo de spa, área de lazer para crianças, escola de surfe, quadras de tênis, beach tennis e futebol, além de um mall e um museu, completam a Surfland.

Por falar em piscina…

A startup WaveSeg, que nasceu na Argentina e vai se consolidando hoje no Brasil, acredita ser um modelo viável de negócio para empreendimentos que miram em surf parks ou condomínios e até mesmo, por que não, uma piscina aberta ao público?

“Atualmente buscamos investidores para recriar em escala real o que já comprovamos em maquetes e muitos estudos realizados desde o ano de 2012”, diz Omar Modini, sócio-fundador da Waveseg.

Ondas reais

A surfista Tatiana Weston-Webb, que compete pelo Brasil, venceu a última etapa ocorrida em Peniche, Portugal. Além da brasileira, as excelentes performances de Filipe Toledo e Italo Ferreira levaram ambos para as baterias de semifinal. Toledo se deu melhor, mas foi batido por Griffin Colapinto, que comemorou a primeira vitória em uma etapa de CT.

Próxima parada Bells Beach

Marcada para ocorrer entre os dias 10 e 20 de abril, a próxima etapa do Circuito Mundial será em Bells Beach na Austrália. Lendária e águas gélidas, Bells é considerada uma etapa difícil, onda volumosa e de difícil leitura, uma pedrinha no sapato, vamos dizer assim. Vale lembrar, que ano passado, o Governo de Vitória não permitiu a realização do evento mundial de surfe por conta da pandemia. Apesar de ter ocorrido, no mesmo período, o famoso evento de tenis.

Surf e skate

A LayBack, de André Barros e Pedro Barros, um dos principais nomes do skate mundial, sediará a etapa de encerramento do WSL Qualifying Series, entre os dias 6 e 10 de abril na Praia Mole, em Santa Catarina.

Entre os atletas que vão competir, estão: Sophia Medina, Laura Raupp, Silvana Lima, Alejo Muniz, Ian Gouveia, Thiago Camarão, Franklin Serpa, Raoni Monteiro e Mateus Herdy. E o prêmio para os vencedores das categorias feminina e masculina é de 5 mil dólares.

Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes

Ocorreu ontem, 08, o Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes, que ofereceu workshops com objetivo de promover o surfe feminino em ondas grandes. O evento contou com a participação de Michaela Fragonese, mãe e surfista de ondas gigantes.

O evento fez parte das celebrações pelo Dia Internacional da Mulher.

“O nosso propósito, não se resume somente a igualdade de oportunidades nas categorias do prêmio e premiação, temos
como objetivo oferecer as ferramentas necessárias para além de aperfeiçoar as habilidades individuais de todas as convidadas, também aumentar consideravelmente o número de surfistas mulheres em dias de ondas mais fortes”, diz Guilherme Braga, idealizador do projeto.

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

O surf de Yago brilhou em El Salvador. A etapa Surf City El Salvador Pro finalizada ontem, 09, mostrou que o Brasil está na briga por mais um título mundial. Apesar da vitória de John John Florence, os brasileiros Yago Dora, vice-campeão, e Gabriel Medina avançaram no...

A história por trás de um viral emblemático do surf

A história por trás de um viral emblemático do surf

A internet trouxe com ela alguns fenômenos e um deles é sem dúvida o viral, aquele vídeo ou foto que viraliza, e alimenta o algorítimo em escalas montanhosas; e o surf também surfa a onda. Quanto mais visualizações, mais o bicho ganha tração. No surf há inúmeras...

4 Comentários

  1. Maria Emilia

    O mundo “assisti” ou “assiste’?

  2. دیجی ممبر

    thank you
    you helped me

inscrição feita!

Pin It on Pinterest