Home > Destaque > Circuito Banco do Brasil coroa campeão mundial e ex-CT

Circuito Banco do Brasil coroa campeão mundial e ex-CT

por | maio 9, 2023 | Destaque

Adriano de Souza e Laura Raupp vencem o Circuito Banco do Brasil de Surfe em Garopaba

Adriano de Souza e Laura Raupp com os troféus das vitórias em Garopaba (Crédito da Foto: @WSL / Daniel Smorigo)

Laura Raupp e o campeão mundial Adriano de Souza são os campeões da etapa de Garopaba do Circuito Banco do Brasil de Surfe. Com a vitória, Mineiro assume a liderança no ranking do Circuito  que tem Tainá Hinckel, na categoria feminina, como líder.

A etapa de Garopaba foi a segunda das cinco etapas de 2023 e as próximas estão marcadas para o mês de agosto, em locais a serem anunciados pela WSL Latin America.

“É gostoso sentir essa emoção de novo. É a primeira vez que eu venço um QS 1000, o outro que eu competi foi em Keramas (Bali) e fiquei em terceiro. Agora, vou levar mais um troféu para a minha coleção”, disse Adriano de Souza.

Recentemente, Ian Gouveia venceu o Saquarema Surf Festival que abriu o Circuito Banco do Brasil de Surfe 2023 e já tinha batido as notas das 3 etapas do ano passado, com o 9,50 que recebeu na Praia de Itaúna. Gabriel falou sobre esse recorde histórico que conseguiu em Garopaba: “O Rodrigo (Saldanha) já começou com um 7,5 e eu só fiquei pedindo a Deus para me mandar uma onda. Quando veio essa, eu ainda perguntei a Deus se era essa mesmo e senti no meu coração que era. Aí eu saí acelerando e fui pro tudo ou nada, acertei o aéreo e fiquei amarradão. Foi uma emoção incrível”.

Depois dessa vitória espetacular na disputa pela última vaga na final masculina, Gabriel Klaussner assistiu sua namorada, Laura Raupp, conquistar a sua primeira vitória no Circuito Banco do Brasil de Surfe. Foi a quarta decisão da catarinense em etapas do Qualifying Series e ela manteve a invencibilidade na Praia da Ferrugem. As outras vitórias foram em Florianópolis e no Peru, onde esse ano conquistou o bicampeonato consecutivo nas ondas de Punta Rocas.

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA EM GAROPABA:

DECISÃO DO TÍTULO MASCULINO:
Campeão: Adriano de Souza (BRA) por 17,50 pts (9,00+8,50) – 1.000 pontos
2.o lugar: Gabriel Klaussner (BRA) com 14,50 pts (7,83+6,67) – 800 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 650 pontos:
1.a: Adriano de Souza (BRA) 11,57 x 10,64 Weslley Dantas (BRA)
2.a: Gabriel Klaussner (BRA) 16,27 x 13,90 Rodrigo Saldanha (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 500 pontos:
1.a: Adriano de Souza (BRA) 14,83 x 13,40 José Francisco (BRA)
2.a: Weslley Dantas (BRA) 10,50 x 7,53 Lukas Camargo (BRA)
3.a: Gabriel Klaussner (BRA) 16,17 x 10,57 Caetano Vargas (BRA)
4.a: Rodrigo Saldanha (BRA) 11,67 x 7,80 Patrick Plachi (BRA)

DECISÃO DO TÍTULO FEMININO:
Campeã: Laura Raupp (BRA) por 13,93 pontos (7,10+6,83) – 1.000 pontos
2.o lugar: Karol Ribeiro (BRA) com 9,00 pontos (4,93+4,07) – 800 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 650 pontos:
1.a: Karol Ribeiro (BRA) 8,40 x 6,07 Alexia Monteiro (BRA)
2.a: Laura Raupp (BRA) 14,10 x 7,83 Maria Amelia Autuori (BRA)

RANKINGS DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE:

TOP-5 DA CATEGORIA MASCULINA – 2 etapas:
1.o: Ian Gouveia (PE) – 1.000 pontos
1.o: Adriano de Souza (SP) – 1.000 pontos
3.o: Rodrigo Saldanha (SP) – 945
4.o: Gabriel Klaussner (SP) – 866
5.o: Cauã Costa (CE) – 850
5.o: José Francisco (PB) – 850

TOP-5 DA CATEGORIA FEMININA – 2 etapas:
1.a: Tainá Hinckel (SC) – 1.500 pontos
2.a: Laura Raupp (SC) – 1.350
3.a: Karol Ribeiro (RJ) – 1.095
4.a: Vera Jarisz (ARG) – 945
5.a: Kayane Reis (RJ) – 850

RANKINGS SUL-AMERICANOS DA WSL SOUTH AMERICA:

TOP-10 DA CATEGORIA MASCULINA – 5 etapas:
1.o: Ian Gouveia (BRA) – 5.000 pontos
2.o: Luel Felipe (BRA) – 3.900
3.o: Mateus Herdy (BRA) – 3.842
4.o: Lucas Vicente (BRA) – 3.108
5.o: Rodrigo Saldanha (BRA) – 2.940
6.o: Nacho Gundesen (ARG) – 2.775
7.o: Heitor Mueller (BRA) – 2.725
8.o: Cauã Costa (BRA) – 2.632
9.o: Valentin Neves (BRA) – 2.335
10.o: Rafael Teixeira (BRA) – 2.282
10.o: Mateus Sena (BRA) – 2.282

TOP-10 DA CATEGORIA FEMININA – 5 etapas:
1.a: Tainá Hinckel (BRA) – 5.500 pontos
2.a: Sophia Medina (BRA) – 5.050
3.a: Vera Jarisz (ARG) – 4.187
4.a: Laura Raupp (BRA) – 3.575
5.a: Isabelle Nalu (BRA) – 3.392
6.a: Kalea Gervasi (PER) – 3.075
7.a: Kayane Reis (BRA) – 2.632
8.a: Arena Rodriguez Vargas (PER) – 2.300
9.a: Naire Marquez (BRA) – 2.282
9.a: Kemily Sampaio (BRA) – 2.282
9.a: Taís Almeida (BRA) – 2.282 

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

O Layback Pro Prainha, quarta etapa da temporada 2024/2025 da WSL South America, ocorre de 11 a 14 de julho na Prainha, Rio de Janeiro. Com transmissão ao vivo pelo site da liga, a etapa marca o sétimo campeonato promovido pela marca Layback, desde 2021. Laura Raupp e...

0 comentários

inscrição feita!

Pin It on Pinterest