Home > Destaque > Brasileiros avançam para as quartas no mundial da Gold Coast

Brasileiros avançam para as quartas no mundial da Gold Coast

por | maio 12, 2023 | Destaque

O palco está armado para as finais do primeiro Challenger Series do ano. A etapa mundial na Gold Coast, Austrália, da WSL, representa a permanência de muitos atletas na briga. Inclusive o retorno de alguns ao CT.

Samuel Pupo que recentemente foi cortado da elite do surf mundial, agora se prepara para mais uma batalha nas quartas de final. Assim como Pupo, Michael Rodrigues também chegou até as quartas e tem a frente dura batalha contra Crosby Colapinto.

Finalizando o trio de sobreviventes brasileiros, está Jadson André, que recuperado de uma lesão retorna às competições em grande estilo.

´Próxima chamada para o mundial da Gold Coast está programada para hoje, sexta-feita, às 18h45 da tarde.

Michael Rodrigues fez um novo recorde de nota na sexta-feira em Snapper Rocks (Crédito da Foto: @WSL / Andrew Shield)

Michael Rodrigues brilhou no mundial da Gold Coast

Michael Rodrigues foi o destaque do dia nas direitas perfeitas de Snapper Rocks. Ele selou a vitória sobre o havaiano Jackson Bunch, destruindo a última onda que surfou, com uma série de batidas e rasgadas que arrancaram a maior nota do Boost Mobile Gold Coast Pro esse ano. Michael já tinha surfado muito bem a onda anterior, que recebeu nota 8,00 e nessa última ganhou 8,93, fazendo o maior placar do dia, 16,93 pontos. A nota 8,93 ultrapassou a 8,87 do indonésio Rio Waida, que continua sendo o recordista de pontos, com 17,47.

8,93 também foi a maior nota feminina da sexta-feira e quem conseguiu foi a brasileira Luana Silva. Ela fez esse recorde na bateria contra a australiana Isabella Nichols que fechou as oitavas de final. Só que depois, Luana acabou perdendo o último confronto do dia para a norte-americana Sawyer Lindblad, por uma pequena diferença de 11,73 a 11,24 pontos. Mesmo assim, Luana Silva começa bem a temporada, com um quinto lugar na Austrália.

PRÓXIMAS BATERIAS DO BOOST MOBILE GOLD COAST PRO:

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 4.745 pontos:
1.a: Imaikalani Devault (HAV) x Jacob Willcox (AUS)
2.a: Jadson André (BRA) x Jett Schilling (EUA)
3.a: Samuel Pupo (BRA) x Jorgann Couzinet (FRA)
4.a: Michael Rodrigues (BRA) x Crosby Colapinto (EUA)

SEMIFINAIS FEMININAS – 3.o lugar com 6.085 pontos:
1.a: Stephanie Gilmore (AUS) x India Robinson (AUS)
2.a: Sally Fitzgibbons (AUS) x Sawyer Lindblad (EUA)

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

Layback Pro Prainha é a próxima atração da WSL no Rio

O Layback Pro Prainha, quarta etapa da temporada 2024/2025 da WSL South America, ocorre de 11 a 14 de julho na Prainha, Rio de Janeiro. Com transmissão ao vivo pelo site da liga, a etapa marca o sétimo campeonato promovido pela marca Layback, desde 2021. Laura Raupp e...

0 comentários

inscrição feita!

Pin It on Pinterest