Surfland Brasil democratiza acesso por tempo limitado e abre vendas para o público não proprietário

Pela primeira vez no Brasil, uma piscina de ondas disponibiliza venda para o público em geral, a partir de hoje, 15. A Surfland, em Garopaba, que detém a tecnologia Wave Garden, com mais de 13 tipos de ondas, programa sua abertura para 17 de novembro. O público então pode agendar sessões até 29 de fevereiro de 2024, conforme a disponibilidade.

Todas as informações para compra e agendamento estão disponíveis neste tutorial https://www.youtube.com/watch?v=8rjvt2YEAT8

Em condomínio com formato de multipropriedade, o qual um apartamento tem mais de um dono, a Surfland se diferencia das demais piscinas de ondas já em funcionamento no País, apesar de também ser de uso privativo de condôminos.

Com preços que variam de 259 a 600 reais cada sessão de 50 minutos, a compra é realizada através do site. Depois de um cadastro é possível fazer o agendamento. 

No apetitoso menu de ondas que agrada de iniciantes até experientes surfistas e, inclusive quem nunca subiu numa pracha (sessão Bay), são ao todo 13 tipos de ondas.

As sessões mais vendidas até o momento são ondas para nível o avançado e de tubos.

“A Surfland Brasil é um projeto inovador e disruptivo que permite o aprendizado e a evolução técnica dos surfistas em um ambiente controlado, seguro, com várias opções de entretenimento e gastronomia.

Paulo Mentone, CEO do Parque Surfland Brasil

Antes de anunciar a abertura das vendas para o público, fato inédito no Brasil quando o assunto é piscina de ondas, desde 17 de julho, os clientes do empreendimento já podem comprar suas sessões.

As vendas abertas têm tempo limitado e começam hoje, 15 e vão até 29 de fevereiro, podendo estender a data até maio.

surfland abre vendas
Surfista rasga em onda Wavgarden. Foto divulgação.