Home > Destaque > Oito sul-americanos vão competir no Mundial Júnior da WSL

Oito sul-americanos vão competir no Mundial Júnior da WSL

por | dez 14, 2023 | Destaque

Oito surfistas sul-americanos vão competir no Campeonato Mundial Júnior da WSL na Califórnia

A World Surf League divulgou os nomes dos 20 surfistas (10 mulheres e 10 homens) convidados para participar do Mundial Júnior. Esses atletas se juntarão aos 28 surfistas (14 mulheres e 14 homens) já classificados pelos rankings das regionais da WSL. Quatro surfistas da América do Sul estão entre os convidados liga, totalizando oito competidores do continente na disputa pelos títulos mundiais nas categorias de base do surfe. O Mundial Júnior da WSL ocorrerá nas ondas de Oceanside Pier, em San Diego, entre os dias 9 e 14 de janeiro, na Califórnia, Estados Unidos.


Os atuais campeões sul-americanos na categoria Junior Sub-20, Ryan Kainalo e Isabelle Nalu, juntamente com os vice-campeões, Heitor Mueller e a peruana Kalea Gervasi, já estavam qualificados pelo ranking da WSL South America. Além deles, a WSL concedeu convites a outros quatro surfistas sul-americanos: Leo Casal, Laura Raupp, Sophia Medina e a tetracampeã sul-americana Sol Aguirre, do Peru. Os três surfistas brasileiros tentarão conquistar o décimo título para o Brasil nesta categoria, enquanto as três brasileiras e as duas peruanas buscam o primeiro troféu de campeã Junior da WSL para a América do Sul.

A campeã sul-americana Isabelle Nalu vai disputar seu primeiro Mundial Junior (Crédito da Foto: @WSL / Daniel Smorigo).

A campeã sul-americana Isabelle Nalu, com apenas 16 anos, enfrentará seu primeiro desafio significativo, tendo como uma das suas principais adversárias a californiana Alyssa Spencer. Esta última se classificou para a elite do World Surf League Championship Tour de 2024 através do Challenger Series deste ano. Alyssa foi uma das três norte-americanas convidadas pela WSL para participar do SAMBAZON World Junior Championships. As vitórias em San Diego não apenas conferem prestígio, mas também garantem a participação em todas as etapas do Challenger Series em 2024. Isso significa que o campeão e a campeã mundial terão a chance de competir diretamente por vagas para o WSL Championship Tour de 2025.

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

O surf de Yago brilhou em El Salvador. A etapa Surf City El Salvador Pro finalizada ontem, 09, mostrou que o Brasil está na briga por mais um título mundial. Apesar da vitória de John John Florence, os brasileiros Yago Dora, vice-campeão, e Gabriel Medina avançaram no...

A história por trás de um viral emblemático do surf

A história por trás de um viral emblemático do surf

A internet trouxe com ela alguns fenômenos e um deles é sem dúvida o viral, aquele vídeo ou foto que viraliza, e alimenta o algorítimo em escalas montanhosas; e o surf também surfa a onda. Quanto mais visualizações, mais o bicho ganha tração. No surf há inúmeras...

Como o surf tem me salvado esses dias

Como o surf tem me salvado esses dias

Uma folha em branco, um nó na garganta, uma vontade de chorar, medo. As cenas do RS são de entristecer qualquer um. Não bastasse a violência das águas que varreram de casas a corpos, dias após a tragédia, as cenas são ainda mais devastadoras. Crianças sem pais em...

0 comentários

inscrição feita!

Pin It on Pinterest