Surfista profissional do Havaí, Coco Ho lançou há alguns dias uma marca de pranchas de surf para mulheres. Em entrevista à Stab, Coco Ho falou mais sobre a iniciativa.

Confira trechos da entrevista de Coco Ho sobre sua marca de pranchas para mulheres

“Eu estive no Tour por 11 anos, e você simplesmente não pensa em dar espaço para uma prancha ‘twin fin’ (biquilha) no seu quiver pranchas quando está no Tour. Nunca foi uma opção.”

“Quando eu subi naquela prancha, eu soube desde a primeira onda que ela tinha uma mágica que eu nunca tinha sentido antes.” (sobre as pranchas ‘Album’).

Sobre a dificuldade que as mulheres têm para encontrar modelos ideias de pranchas em uma loja de surf

“Se eu entrasse em uma loja de surfe hoje e dissesse que eu e Keanu Asing temos a mesma altura, eles nos diriam para usar a mesma prancha. Mas, tecnicamente, não há como eu deveria estar usando uma prancha com a mesma largura que a do Keanu — só por causa do tamanho do meu pé, do meu peso, entre outros fatores.”


“Eu tenho sorte de poder encomendar pranchas personalizadas desde que eu tinha uns 15 anos. Mas, uma garota que entra em uma loja nem sempre pode conseguir uma prancha personalizada com 17,75 polegadas de largura. Quando as meninas me perguntavam que pranchas eu usava, eu percebia que as pranchas que eu estava recomendando simplesmente não estavam disponíveis para venda direta.”

Reprodução instagram @xococosurf

Sobre estereótipos femininos no surf

“Não estamos apenas criando uma marca, fazendo um logotipo bonito e pintando todas as pranchas de rosa. Queremos garantir que todas as pranchas tenham uma aparência legal, que a marca não seja apenas corações e flores. Queremos criar uma marca de surfe feminina atemporal e forte.”

Sobre a assinatura dos shapes

“O primeiro lote será todo modelado por Matt Parker, e estamos trabalhando na Austrália com uma mulher chamada Avalon, que tem sido orientada por Matt na área de modelagem de pranchas. Estamos tentando ter uma grande influência e participação feminina, e queremos que ela trabalhe em todas as pranchas.”


“O objetivo é dimensionar tudo para mulheres. É tão difícil encontrar um par de quilhas gêmeas femininas — elas praticamente nem existem. Vamos reduzir o tamanho dos moldes de quilhas para nós, tornando tudo acessível e disponível.”

Sobre a falta de parceria dos shapers homens com mulheres que querem fazer prancha

“Realmente parece ser um mundo muito competitivo. Todos sabemos disso. Os shapers masculinos são algumas das pessoas mais duronas da nossa indústria. Mas, acho que estamos evoluindo em todos os aspectos do surfe feminino. Você vê Matt Parker dando toda a sua atenção e tempo para a Avalon (shaper). É apenas uma questão de ter apoio e eu acho que chegaremos a um ponto em que haverá muito mais.”

Vendas on-line disponíveis

“As vendas online das pranchas começaram em 15 de janeiro, e haverá, em breve, um showroom/loja física em San Clemente, ao lado da Album.”