O campeão mundial e primeiro medalhista de ouro da história do surf nas Olimpíadas, Italo Ferreira, foi o único brasileiro que venceu duas baterias no mar desafiador do domingo em Sunset Beach.

Foi o dia de maiores ondas da temporada 2024 do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT), com 8-12 pés e séries maiores de até 5 metros de altura.

Italo Ferreira, último dos sete brasileiros da WSL a competir em Sunset no domingo, só avançou após Miguel Pupo. Enfrentando o norte-americano Crosby Colapinto, Italo teve um início difícil, caindo em suas três primeiras ondas. Contudo, após uma nota 5,17 na quarta onda e uma falha subsequente, conseguiu 7,17 na última, vencendo por 12,34 a 9,03. O campeão mundial de 2019 e olímpico fez sua virada em uma performance marcada por superação.

O potiguar colocou o Brasil nas quartas pela primeira vez esse ano. Agora, Italo vai enfrentar o australiano Jack Robinson na disputa pela última vaga das semifinais do Hurley Pro Sunset Beach. A a próxima chamada deve ser na terça-feira, às 14h45 no Brasil.

Italo Ferreira Sunset
Italo nas quartas do Hurley Pro Sunset Beach. Foto Brent Bielmann/World Surf League)

Durante o fim de semana, com grandes ondas em Sunset Beach, somente os homens competiram, aguardando-se o início da competição feminina em breve. A segunda etapa do CT 2024 segue até quinta-feira, com transmissão ao vivo pelo WorldSurfLeague.com. Utilizando o sistema de “overlapping heats” no domingo, foram realizadas as disputas da terceira fase e oitavas de final, exigindo grande preparo físico dos surfistas.