Home > Destaque > Ítalo Ferreira concorre ao prêmio de ‘melhor esportista de ação’, na ‘Laureus World Sports’

Ítalo Ferreira concorre ao prêmio de ‘melhor esportista de ação’, na ‘Laureus World Sports’

por | fev 2, 2022 | Destaque, Notícias | 2 Comentários

O brasileiro campeão mundial e olímpico Ítalo Ferreira concorrerá novamente ao prêmio de maior esportista de ação do ano, pela premiação global Laureus World Sports. 

Ao lado de Ítalo, a surfista havaiana e também medalha de ouro olímpica Carissa Moore também está entre os atletas indicados na categoria “melhor esportista de ação”. Além da dupla, a skatista Momiji Nishiya; Bethany Shriever, do BMX; Yuto Horigome, também do skate e Alberto Ginés da escalada, são os outros concorrentes na mesma categoria. 

Gabriel Medina também já foi indicado nesta categoria duas vezes, em 2015 e 2019. Porém até hoje nenhum brasileiro levou de fato o prêmio. 

Maya Gabeira e Stephanie Gilmore também estão no hall das mulheres do surfe indicadas ao prêmio. Gilmore venceu em 2011 e Kelly Slater faturou o prêmio quatro vezes. 

Será que Ítalo ou Carissa levam o prêmio?

Os vencedores serão revelados em abril por uma mesa de juri composta por 71 nomes do esporte global. 

Esportista do ano

Na categoria de maior destaque, Tom Brady é o grande favorito, que concorre ao prêmio ao lado de Max Verstappen e do tenista que protagonizou um dos maiores micos do ano, Novak Djokovic. 

Nelson Mandela, o primeiro padrinho da premiação 

A premiação Laureus World Sports Awards surgiu em 2000, com Mandela apadrinhando o evento. 

Sua fala sobre o poder do esporte é uma das mais belas que já li até hoje: 

“O esporte tem o poder de mudar o mundo. Tem o poder de inspirar. Ele fala com os jovens em uma linguagem que eles entendem. O esporte cria esperança onde antes havia apenas desespero. É mais poderoso do que os governos para quebrar as barreiras raciais”.

Origem Surf no Painel de Indicações 

A jornalista Janaína Pedroso à frente do blog Origem Surf integra desde 2019, o Painel de Indicações ao Prêmio Laureus Words Sports. 

Confira a lista completa de indicados:

LAUREUS WORLD SPORTSMAN OF THE YEAR AWARD

Tom Brady (EUA) Futebol americano – maior quarterback da NFL, Brady atingiu o recorde de sete títulos do Super Bowl

Novak Djokovic (Sérvia) Tênis – Djokovic conquistou três Grand Slams em 2021, alcançando 20 títulos do torneio em sua carreira

Caeleb Dressel (EUA) Natação – o nadador americano ganhou cinco medalhas de ouro olímpicas em Tóquio

Eliud Kipchoge (Quênia) Atletismo – Kipchoge alcançou a marca de terceira pessoa na história a vencer maratonas olímpicas consecutivas 

Robert Lewandowski (Polônia) Futebol – em uma temporada pelo Bayern, Lewandowski superou o recorde de 40 gols de Gerd Muller

Max Verstappen (Holanda) Automobilismo – em 2021, o piloto holandês ganhou seu primeiro Campeonato Mundial de Fórmula 1

LAUREUS WORLD SPORTSWOMAN OF THE YEAR AWARD

Ashleigh Barty (Austrália) Tênis – número 1 do mundo, a tenista australiana venceu Wimbledon, seu segundo Grand Slam da carreira

Allyson Felix (EUA) Atletismo – Allyson superou Carl Lewis como atleta olímpica mais premiada dos EUA 

Katie Ledecky (EUA) Natação – a nadadora americana ganhou o ouro nos 800 e 1.500 metros livres, em Tóquio, além de duas medalhas de prata 

Emma McKeon (Austrália) Natação – Emma ganhou quatro ouros e três bronzes em Tóquio, a maior marca individual 

Alexia Putellas (Espanha) Futebol – capitã do Barcelona, Alexia ganhou a Bola de Ouro e o prêmio de Jogadora do Ano da UEFA

Elaine Thompson-Herah (Jamaica) Atletismo – a atleta conquistou o ouro olímpico nos 100, 200 e revezamento 4 x 100 metros

LAUREUS WORLD TEAM OF THE YEAR AWARD

Seleção de Futebol Masculino da Argentina – ganhou a Copa América, primeiro troféu internacional de Lionel Messi, aos 34 anos

Time de Futebol Feminino do Barcelona (Espanha) – conquistou o primeiro título da Champions League, derrotando o clube inglês Chelsea por 4 a 0 

Equipe Olímpica de Saltos Ornamentais da China – ganhou medalhas de ouro em sete dos oito eventos realizados na piscina, em Tóquio

Seleção de Futebol Masculino da Itália – sob o comando de Roberto Mancini, venceu a Eurocopa pela primeira vez desde 1968 

Equipe de Fórmula 1 Mercedes-AMG Petronas (Alemanha) – ganhou o oitavo Campeonato de Construtores de forma consecutiva, um recorde na categoria

Milwaukee Bucks (EUA) Basquete – com a inspiradora performance de Giannis Antetokounmpo, ganhou um segundo campeonato da NBA

LAUREUS WORLD BREAKTHROUGH OF THE YEAR AWARD

Neeraj Chopra (Índia) Atletismo – Chopra venceu a prova de lançamento de dardo e se tornou o primeiro indiano a conquistar um ouro olímpico no atletismo 

Daniil Medvedev (Rússia) Tênis – o tenista russo venceu seu primeiro Grand Slam, perdendo apenas um set no US Open

Pedri (Espanha) Futebol – aos 19 anos, Pedri jogou 53 vezes na temporada 2020/21 pelo Barcelona e todos os jogos pela Espanha na Eurocopa 2020

Emma Raducanu (Reino Unido) Tênis – Raducanu se tornou uma sensação mundial ao conquistar o US Open com apenas 18 anos

Yulimar Rojas (Venezuela) Atletismo – a atleta venezuelana quebrou o recorde mundial de 26 anos ao ganhar o ouro no salto triplo, em Tóquio

Ariarne Titmus (Austrália) Natação – aos 20 anos, Ariarne venceu a campeã Katie Ledecky nos 200 e 400 metros, em Tóquio

LAUREUS WORLD COMEBACK OF THE YEAR AWARD

Simone Biles (EUA) Ginástica artística – depois de se retirar dos Jogos de Tóquio, Biles retornou para ganhar o bronze na trave

Sky Brown (Reino Unido) Skate – aos 13 anos de idade, Sky se recuperou de uma fratura no crânio e ganhou a medalha de bronze em Tóquio

Mark Cavendish (Reino Unido) Ciclismo – Cavendish lutou contra a depressão e conquistou o segundo título de sprint do Tour de France

Tom Daley (Reino Unido) Saltos ornamentais – Daley passou por uma cirurgia no joelho em junho, mas conquistou o ouro nos saltos ornamentais sincronizados plataforma de 10 metros, em Tóquio

Marc Márquez (Espanha) Motociclismo – o piloto espanhol obteve sua primeira vitória em 581 dias, depois de se recuperar de uma fratura no braço no início de 2020

Annemiek van Vleuten (Holanda) Ciclismo – Annemiek venceu o contrarrelógio olímpico dias depois de perder o ouro na corrida de estrada

LAUREUS SPORTSPERSON OF THE YEAR WITH A DISABILITY AWARD

Diede De Groot (Holanda) Tênis em cadeira de rodas – Diede foi a primeira jogadora a conquistar o Golden Slam (ganhar todos os quatro títulos e o ouro olímpico) 

Marcel Hug (Suíça) Atletismo em cadeira de rodas – Marcel ganhou medalhas de ouro paralímpicas nos 800, 1.500 e 5.000 metros, além da maratona

Shingo Kunieda (Japão) Tênis em cadeira de rodas – herói do país anfitrião, Kunieda ganhou o quarto ouro paraolímpico de sua carreira

Jetze Plat (Holanda) Paraciclismo/Paratriatlo – Jetze ganhou três medalhas de ouro paralímpicas em dois esportes

Susana Rodríguez (Espanha) Paratriatlo – em Tóquio, Susana conquistou o ouro no triatlo PTVI, sua primeira medalha paralímpica

Sarah Storey (Reino Unido) Paraciclismo – a paraciclista ganhou três ouros em três eventos, alcançando a marca de 17 na carreira

LAUREUS WORLD ACTION SPORTSPERSON OF THE YEAR AWARD

Ítalo Ferreira (Brasil) Surfe – em Tóquio, o brasileiro se tornou o primeiro ganhador da medalha de ouro olímpica de surfe 

Alberto Ginés (Espanha) Escalada esportiva – aos 18 anos, Ginés escalou uma parede de 15 metros em 6,42 segundos e ganhou o ouro na escalada de velocidade

Yuto Horigome (Japão) Skate – Horigome ganhou o primeiro ouro olímpico de skate, para deleite do país anfitrião

Carissa Moore (EUA) Surfe – a americana conquistou o primeiro ouro olímpico feminino de surfe e, pouco tempo depois, o quinto título mundial da carreira

Momiji Nishiya (Japão) Skate – aos 13 anos de idade, a skatista japonesa ganhou a primeira medalha de ouro olímpica no evento de rua feminino

Bethany Shriever (Reino Unido) BMX – Bethany se tornou a primeira mulher a ganhar o ouro olímpico e o Campeonato Mundial no mesmo ano

LAUREUS SPORT FOR GOOD AWARD

Programas indicados por um júri especializado; a Laureus Academy seleciona o vencedor

Ich will da rauf! (Alemanha) Escalada esportiva – pessoas com e sem deficiência compartilham o desafio da parede de escalada

Jucà Pe Cagnà (Itália) Vários esportes – fornece locais seguros para a prática de esporte longe da influência do crime

Kick 4 Life (Lesoto) Futebol – apoia os jovens por meio de educação em saúde e testes de HIV

Lost Boyz Inc. (EUA) Beisebol/Softbol – usa o beisebol, em Chicago, para diminuir a violência e melhorar as condições sociais

Monkey Magic (Japão) Escalada esportiva – promove a escalada livre para pessoas com deficiência visual

Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

O surf de Yago brilhou em El Salvador. A etapa Surf City El Salvador Pro finalizada ontem, 09, mostrou que o Brasil está na briga por mais um título mundial. Apesar da vitória de John John Florence, os brasileiros Yago Dora, vice-campeão, e Gabriel Medina avançaram no...

A história por trás de um viral emblemático do surf

A história por trás de um viral emblemático do surf

A internet trouxe com ela alguns fenômenos e um deles é sem dúvida o viral, aquele vídeo ou foto que viraliza, e alimenta o algorítimo em escalas montanhosas; e o surf também surfa a onda. Quanto mais visualizações, mais o bicho ganha tração. No surf há inúmeras...

Como o surf tem me salvado esses dias

Como o surf tem me salvado esses dias

Uma folha em branco, um nó na garganta, uma vontade de chorar, medo. As cenas do RS são de entristecer qualquer um. Não bastasse a violência das águas que varreram de casas a corpos, dias após a tragédia, as cenas são ainda mais devastadoras. Crianças sem pais em...

2 Comentários

  1. جک سقفی

    شهرقالب همتی تولید کننده و عرضه کننده انواع جک سقفی میباشد که شما میتوانید برای مشاهده قیمت جک سقفی 3.5 متری شرکت به سایت شهرقالب مراجعه کنید جک سقفی و قالب بتون یکی از اصلی ترین محصولات شهرقالب است

  2. تومورهاي بيضه

    علت تومورهاي بيضه دقيقا معلوم نيست ولي هم عوامل مادرزادي و هم عوامل محيطي در بروز آن تا‡ثير دارند. از جمله مهم‌ترين عوامل موِثر، كريپتوركيدسيم است كه به معني عدم نزول بيضه به محل طبيعي خود در كيسه اسكروتوم (يا كيسه بيضه) است. در حالت طبيعي بيضه‌ها در دوره جنيني در داخل شكم تشكيل مي‌شوند و سپس مسير خود را به سمت كيسه بيضه طي كرده و داخل آن قرار مي‌گيرند، به طور‌ي‌كه وقتي نوزاد به دنيا مي‌آيد، بيضه‌ها در حين معاينه بايد داخل كيسه بيضه باشند.

inscrição feita!

Pin It on Pinterest