Home > Ambiente > Petrópolis me obriga a esquecer Sunset

Petrópolis me obriga a esquecer Sunset

por | fev 16, 2022 | Ambiente, Destaque | 11 Comentários

Eu gostaria de escrever sobre a maravilha que foi assistir à etapa de Sunset Beach, a lendária e onipresente onda volumosa e potente, com surfistas aguerridos e talentosos. Aliás, como é maravilhoso ter uma etapa em ondas como as de Sunset. Não teve um aéreo, só borda, linha, cavadas perfeitas, muito surfe raiz! Não me leve a mal, não sou contra aéreos, mas amo um surfe clássico. 

Entretanto, falar de surfe competitivo em evento mundial hoje soa vazio, por mais errado que a frase pareça. Uma vez que de superficial não houve nada. Aliás, Jadson, querido, que surfe imenso. 

As cenas publicadas em ‘primeira-mão’ pelo Padre Julio Lancellotti foram de um desespero atroz. A potência da água, daquela mesma força que ouvimos ontem, 15,  quando a transmissão cortava os microfones do estúdio para que o telespectador pudesse experimentar a força das ondas de Sunset. Essa mesma força, só que doce, suja, marrom e desenfreada, não cortava corais nem tinha azul belo, mas era feita de medo.

Foi impossível não lembrar do desafeto comentando outra tragédia recente, dessa vez em São Paulo. Como se as pessoas que morrem, que perdem tudo, quisessem passar por isso. Ou será que elas preferem isso a ter que morar debaixo da ponte? Ou será que todo mundo gostaria de um lar digno? Ou será que se oferecer seu palácio em Brasília ou condomínio na Barra, em troca de um barraco no pé do morro a família vai dizer:  não senhor, muito obrigado, prefiro morrer a qualquer hora dessas.

As mudanças climáticas estão sim trazendo todo esse cenário que estamos vendo. E não venha dizer que tragédias assim sempre ocorreram na história da humanidade. De fato sempre houve catástrofe, afinal desde que o mundo é mundo estamos aqui interferindo de algum modo na dinâmica da Terra, e fenômenos trágicos também acompanham nossa existência (ou tentativa dela). Porém a frequência, a força e os efeitos catastróficos irão aumentar a partir de agora. 

O clima está pedindo sua atenção, socorro. As florestas têm uma função, parem de tocar fogo na Amazônia e em tantos outros biomas. 

Surfista, olha para o seu mundo salgado de um jeito menos individual. Cuida da sua praia, recolhe seu lixo, mas mais do que isso, consuma menos! Consuma com consciência.

Surfista, vota direito. Elege quem acredita no potencial da biodiversidade. Elege quem cobra dos países ricos e desenvolvidos, esses sim os grandes responsáveis pela emissão excessiva de poluentes, consumidores vorazes, que paguem a conta. 

Porque o estrago está feito e quem vai sofrer as consequências por apoiar um sistema degradante somos nós, os países tropicais e subdesenvolvidos. De nada adianta ser subserviente. O Brasil tá cansado de ser quintal de país rico.

A fúria do desequilíbrio ambiental representada em forma de corredeira em Petrópolis, Rio. Reprodução Instagram.
Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

Surf de Yago faz Brasil retomar esperança de título mundial

O surf de Yago brilhou em El Salvador. A etapa Surf City El Salvador Pro finalizada ontem, 09, mostrou que o Brasil está na briga por mais um título mundial. Apesar da vitória de John John Florence, os brasileiros Yago Dora, vice-campeão, e Gabriel Medina avançaram no...

A história por trás de um viral emblemático do surf

A história por trás de um viral emblemático do surf

A internet trouxe com ela alguns fenômenos e um deles é sem dúvida o viral, aquele vídeo ou foto que viraliza, e alimenta o algorítimo em escalas montanhosas; e o surf também surfa a onda. Quanto mais visualizações, mais o bicho ganha tração. No surf há inúmeras...

Como o surf tem me salvado esses dias

Como o surf tem me salvado esses dias

Uma folha em branco, um nó na garganta, uma vontade de chorar, medo. As cenas do RS são de entristecer qualquer um. Não bastasse a violência das águas que varreram de casas a corpos, dias após a tragédia, as cenas são ainda mais devastadoras. Crianças sem pais em...

11 Comentários

  1. Espanhol

    Disse tudo, surf precisa ser mais raiz, evolução é essencial, mas não podemos esquecer a verdadeira essência!! Viva o surf clássico!!

  2. Denis

    Bem lembrado. As coisas se conectam e inter-relacionam. A destruição da Amazônia e do Cerrado, as secas prolongadas, as chuvas concentradas e catastróficas, as ondas de calor, a emergência de novas doenças… isso tudo tem origem na forma como as sociedades têm explorado e degradado os recursos naturais, o que por sua vez tem a ver com as escolhas políticas…

  3. Cecilia

    Eu sempre admirei quem surfa, sempre acreditei na filosofia do surf como interação do homem com a natureza!! Espero que esses guerreiros das ondas possam ajudar a conscientizar as pessoas que só bolham para a natureza como algo a ser consumido.

  4. Sergio

    Janaína, grande matéria lindas palavras, é de gente como vc que precisamos. PARABÉNS ????????????????

  5. Silvio

    Bom dia ! Excelente sua posição sobre o surf , mas falar de amazônia e da situação climática não se encaixa. Em 1932 ocorreu uma catástrofe parecida em Petrópolis. O que aconteceu em Petrópolis foi algo inédito no mundo e no Brasil, chover mais de 200ml em 3 horas , nenhuma cidade suportaria .

    • paula carvalho

      Com certeza!!!

  6. ایمپلنت های تزریقی

    به گزارش راهبرد معاصر؛ به این مواد تزریقی، فیلر های پوستی، ایمپلنت های تزریقی، فیلرهای چین و چروک و فیلرهای بافت نرم نیز گفته میشود. از این فیلرها برای رفع خطوط لبخند، حجم دهی به گونه ها و لب ها و همچنین برای اصلاح جای جوش نیز استفاده میشود.

    • MARIA TEREZA CARNEIRO LEMOS

      PARABÉNS, Janaína! Precisamos de mais gente como você. Que todos os surfistas escutem o que você diz e que possam ser mais conscientes do seu papel nesse mundo.

  7. final ank

    looked back, really good content
    on this site cant give thanks enough

  8. matka 420

    this is good blogs man….

inscrição feita!

Pin It on Pinterest