Home > Destaque > Carissa Moore abandona CT antes de Paris 2024

Carissa Moore abandona CT antes de Paris 2024

por | jan 19, 2024 | Surfe Feminino


Carissa Moore abandona CT, mas antes a 5 vezes campeã mundial competirá no Pipe Pro e no Tahiti Pro antes dos Jogos Olímpicos de Paris 2024

A WSL emitiu comunicado sobre decisão de Carissa Moore, confira:

Cinco vezes campeã mundial Carissa Moore (HAW) anunciou que se afastará do surf competitivo para iniciar uma nova fase em sua vida e carreira. A surfista de 31 anos, do South Shore de Oahu, competirá em seu território no Lexus Pipe Pro Apresentado por YETI antes de se retirar do Championship Tour (CT) e receberá um wildcard para competir no SHISEIDO Tahiti Pro. Ela competirá nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 antes de se afastar temporariamente das competições.

Jessi Miley-Dyer, chefe de Esportes da WSL, disse: “Ao compartilhar sua decisão sobre este novo capítulo, refletimos sobre a incrível jornada de Carissa e o impacto profundo que ela teve no surfe. Ela é uma campeã e um modelo dentro e fora da água. Durante sua carreira, Carissa mostrou graça, resiliência e excelência competitiva. Suas conquistas transcendem o esporte, trazendo um novo nível de atletismo e progressão para o surfe. A dedicação de Carissa em ultrapassar os limites foi inspiradora, e sua ausência no cenário competitivo será profundamente sentida.”

Moore, que sempre se destacou no CT, desde 2010, optou por se afastar dessa parte de sua vida e carreira. No auge da progressão do surfe por anos, a havaiana decidiu se desafiar fora das competições após os Jogos Olímpicos.

“Estou animada para ver o que existe além das competições”, disse Moore. “Não gosto da palavra aposentadoria. Prefiro dizer um afastamento do tour, ou apenas um passo atrás, mudança de foco ou evolução.”

Duas vezes vice-campeã e atual campeã do evento em Pipeline, Moore terá a oportunidade de celebrar uma carreira incrivelmente bem-sucedida com a comunidade da North Shore e seus fãs. Seu histórico no Havaí, com cinco vitórias em eventos, incluindo uma como wildcard antes mesmo de entrar no CT, a torna uma favorita.

Primeira medalhista de ouro olímpica do surf nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Moore também buscará defender sua medalha nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, que serão realizados no Tahiti neste verão. Ela chegou às quartas de final duas vezes em Teahupo’o no CT e receberá um wildcard para o evento deste ano, enquanto continua a desenvolver experiência e aprimorar suas habilidades em uma das formações de ondas mais perigosas do mundo antes dos Jogos Olímpicos.

Consquistas de Carissa Moore antes da decisão de abandonar o CT

A incrível carreira de 13 anos de Moore é decorada com quase todos os prêmios profissionais de surfe possíveis, incluindo cinco títulos mundiais e a primeira medalha de ouro olímpica do surfe. Moore competiu em 120 eventos do Championship Tour, conquistando 28 vitórias em eventos ao longo de sua carreira.

Moore estreou no Championship Tour em 2010, representando uma ameaça imediata para suas concorrentes. Em seu primeiro ano no Tour, ela terminou em terceiro lugar geral e foi nomeada Rookie of the Year. Na temporada seguinte, conquistou seu primeiro título mundial aos 18 anos, tornando-se a pessoa mais jovem a fazer isso. Moore sem dúvida trouxe uma nova era de surfe de potência para o CT.

Moore incorpora o espírito Aloha e criou a Fundação Moore Aloha para inspirar a próxima geração de jovens surfistas. Ela continua sendo uma pioneira no esporte e continuará a impulsionar a progressão do surfe em sua nova fase.

Carissa Moore abandona CT
Sobre o autor

Origem Surf

Janaína Pedroso surfa há 21 anos. É formada em Comunicação Social/Jornalismo, com especialização em Roteiro para TV, Teatro e Cinema. Já atuou como apresentadora com passagens pela Globo, Band e CNT e como repórter para Editora Trip. Atualmente divide seu tempo entre a maternidade, o surfe, a produção de textos e à frente da empresa de comunicação Origem Press.

Postagens relacionadas
Mulheres brilham em condições clássicas no Hurley Pro Sunset Beach

Mulheres brilham em condições clássicas no Hurley Pro Sunset Beach

Ondas altas e performances belíssimas marcaram a estreia da categoria feminina no Hurley Pro Sunset Beach, a segunda etapa do calendário do Championship Tour (CT) da WSL. A líder do ranking, Caity Simmers, teve que se esforçar para se manter na competição. Com uma...

Sierra Kerr domina Teahupo’o em ‘Pre-Kerrsor’

Sierra Kerr domina Teahupo’o em ‘Pre-Kerrsor’

Acabei de assistir a "Pre-Kerrsor", o novo filme de Sierra Kerr em Teahupo'o, entre outros picos; com edição de Jesse Litle. São pouco mais de 18 minutos de performances em diferentes ondas: pequenas, médias, grandes, espetaculares. Sem dúvida, o ponto alto do filme é...

Stephanie Gilmore relembra Tita durante encontro com nova geração

Stephanie Gilmore relembra Tita durante encontro com nova geração

A carioca Sarah Ozório foi uma das escolhidas do concurso promovido pela Roxy que proporcionou encontro com a maior surfista feminina da história, Sthepanie Gilmore Stephanie Gilmore, oito vezes campeã mundial, falou recentemente sobre a alegria de conhecer a nova...

0 comentários

inscrição feita!

Pin It on Pinterest