A competição no Desafio de Ondas Grandes TUDOR Nazaré 2024 foi iniciada hoje, com a primeira bateria entrando na formação às 12:15 GMT (Nazaré), em condições crescentes e limpas, de ondas de 30 a 40 pés na bela Praia do Norte, em Nazaré.

Garrett McNamara, consultor de ondas grandes da WSL Tours e Competições, comentou sobre a expectativa e a ansiedade que acompanham do Desafio de Ondas Grandes de Nazaré. Segundo ele, o mar está subindo desde o início do dia, com previsão de ondas maiores e melhores.

No entanto, as condições já são perfeitamente adequadas para a competição, prometendo uma exibição espetacular.

No evento masculino, Lucas Chianca, vencedor da última edição, competirá na segunda bateria do dia ao lado de seu novo parceiro, Pedro Scooby, que já recebeu o prêmio Jogos Santa Casa de Maior Comprometimento. Com a ausência de Justine Dupont este ano, a melhor performance feminina será disputada entre Michelle des Bouillons (BRA) e Maya Gabeira (BRA), competindo nas baterias 1 e 2, respectivamente.

O formato do Desafio de Ondas Grandes TUDOR Nazaré conta com nove equipes de dois competidores, divididos para surfar duas vezes durante um dia de seis baterias de 40 minutos, com cada membro da equipe alternando entre surfar e pilotar o jet ski da equipe.

Os prêmios distribuídos no final do dia incluem a Melhor Performance Masculina, Melhor Performance Feminina, Melhor Performance de Equipe e o prêmio Jogos Santa Casa de Maior Comprometimento.

A previsão oficial da Surfline indica que o tamanho, período e direção da ondulação offshore estão estáveis, com a maior parte das ondas chegando no final da tarde e início da noite. As condições de vento são consideradas de boas a excelentes, permitindo mar liso durante todo o dia.

A competição está sendo transmitida ao vivo nesta segunda-feira, 22 de janeiro, na Red Bull TV, no site da World Surf League e no aplicativo gratuito da WSL, além de cobertura de parceiros de transmissão da WSL.

Desafio de Nazaré 2024
Lucas Chumbo em Nazaré. Foto WSL / Antoine Justes