Torquay, na Austrália, é mundialmente conhecida como a porta de entrada para a Great Ocean Road, meca do surf, que abriga ondas excelentes, incluindo a famosa Bells. Confira um roteiro básico com alguns picos de surf de Torquay, e pontos turísticos.

Roteiro simples para desfrutar Bells Beach e arredores!

Cerimônia de abertura do evento mundial de surf em Bells. Foto Ed Sloane / WSL.

Dia 1: Bells Beach

  • Manhã: comece o dia em Bells, talvez o pico de surf mais icônico de Torquay e famoso palco do circuito mundial. É um point break com ondas consistentes, imprevisíveis e desafiadoras. Ideal para surfistas intermediários e avançados.
  • Tarde: explore as trilhas ao redor de Bells Beach para apreciar a paisagem.
  • Dica: visite o Australian National Surfing Museum para conhecer a rica história do surf na região.

Dia 2: Winkipop

  • Manhã: ao lado de Bells, Winkipop oferece ondas rápidas e tubulares, mais adequadas para surfistas de nível intermediário a avançado.
  • Tarde: faça um piquenique na área de descanso entre Winkipop e Bells Beach para recarregar as energias ou se jogue nas compras, há excelentes surf shops na região.

Dia 3: Jan Juc

  • Manhã: dirija-se a Jan Juc para uma experiência de surf mais relaxada. Jan Juc é adequado para todos os níveis de surfistas e oferece ondas divertidas e sem crowd.
  • Tarde: explore a trilha de Jan Juc a Bells Beach para admirar vistas espetaculares!

Dia 4: Torquay Front Beach

  • Manhã: ideal para iniciantes, a Front Beach em Torquay é protegida dos grandes swells, oferecendo condições suaves para quem está aprendendo.
  • Tarde: aproveite as várias escolas de surf locais para uma aula, perfeito para quem está começando ou se integrar ao ambiente local.

Dia 5: Point Impossible

  • Manhã: para uma experiência mais tranquila, conheçaPoint Impossible. As ondas são longas e ótimas para long e surfistas de todos os níveis.
  • Tarde: desfrute de um churrasco nas instalações disponíveis na praia, enquanto assiste ao pôr do sol. Os australianos amam fazer churrasco ao ar livre e é realmente uma experiência deliciosa.

Caso sua viagem ocorra durante a etapa mundial de surf lembre-se de reservar sua hospedagem. Não faça como eu, que cheguei lá no meio do evento e fiquei sem hotel.

Aliás, confira no link abaixo um relato sobre o dia em que realizei meu sonho e conheci Bells Beach, com nenhum roteiro, nem simples nem robusto, no puro desejo de desbravar o icônico destino.

https://janapedroso.substack.com/p/uma-noite-gelida-na-inesquecivel