Dream Tour 2023 define três baterias das quartas de final femininas em Xangri-lá

Mulheres competiram na quinta-feira e a hexacampeã brasileira Silvana Lima fez os recordes do dia com nota 9 e somatório de 14 pontos, nas ondas da Plataforma de Atlântida

Silvana Lima Foto: David Castro

As mulheres competiram essa quinta, 13, dando início à categoria feminina do Dream Tour 2023, circuito brasileiro de surf promovido pela Confederação Brasileira, a CBSurf, que ocorre em Xangri-lá, Rio Grande do Sul.

Três baterias das quartas já foram definidas; a primeira entre a carioca Julia Duarte e a cearense Larissa dos Santos. Na segunda bateria, outra cearense, Juliana dos Santos, contra a vice-campeã brasileira, Tainá Hinckel. E na terceira, Silvana Lima, também do Ceará, contra a carioca Taís Almeida.

Silvana Lima, seis vezes campeã brasileira, fez recordes com nota 9 e somatório de 14 pontos. Após o dia de baterias, foram definidas três quartas de final, transmitidas nessa sexta-feira, a partir das 8h00, com transmissão ao vivo pelo Canal do Youtube CBSurfPLAY e no site CBSurf.org.br.

Silvana Lima – hexacampeã

Silvana Lima é a recordista de títulos brasileiros conquistados em 2004, 2005, 2014, 2016, 2021 e 2022. No ano passado, Lima ganhou três das cinco etapas da CBSurf que participou. Com manobras potentes, Silvana arrancou um 9,00 dos juízes e fez o maior placar entre as mulheres: 14 pontos.

 “Está tudo muito irado, não só pra mim, mas para as outras meninas da minha e também da nova geração, continuarem sonhando, vivendo através do surfe, fazendo o que mais gostam, que é competir. A estrutura está animal, é o Circuito dos Sonhos né, o Dream Tour, então estou amarradona, como todas as meninas”. Silvana Lima.

Dream Tour nessa sexta

Depois das baterias femininas, a sexta-feira segue com a segunda fase masculina, que vai definir os classificados para as oitavas de final da primeira etapa da Divisão Principal da Confederação Brasileira de Surf em 2023. São 32 surfistas divididos nas primeiras 16 baterias homem a homem do Dream Tour. A disputa começa com bateria entre o quarto ranking CBSurf (2022), Marcos Correa, e Cauã Gonçalves.

O Dream Tour 2023 tem a Shell como a cota principal Coapresenta, a VIVO como Patrocinadora Master e a Gerdau como Patrocinadora. O Dream Tour é uma realização da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) e promoção da Dream Factory, que estão juntos resgatando a Divisão Principal do Circuito Brasileiro de Surfe, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte.

PRÓXIMAS BATERIAS DO DREAM TOUR EM XANGRI-LÁ

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar com 3.600 pontos e R$ 5.000:

Julia Santos (SP) x Jessica Bianca (PR)

Yanca Costa (CE) x Nalanda Carvalho (PB)

SEGUNDA FASE – 1.o e 2.o avançam para as oitavas de final:

—–3.o=17.o lugar com 2.200 pontos e prêmio de R$ 3.000

Marcos Correa (SP) x Cauã Gonçalves (SP)

Samuel Igo (PB) x Tales Araujo (SP)

Vitor Ferreira (RJ) x Kauã Hanson (PB)

Ian Gouveia (PE) x Wesley Leite (SP)

Heitor Alves (CE) x Luel Felipe (PE)

Peterson Crisanto (PR) x Willian Cardoso (SC)

José Francisco (PB) x Bino Lopes (BA)

Messias Felix (CE) x Robson Santos (SP)

Weslley Dantas (SP) x Michel Roque (CE)

Cauã Costa (CE) x Gustavo Borges (RS)

Douglas Silva (PE) x Daniel Templar (RJ)

Luiz Mendes (SC) x Thiago Eduardo (CE)

Edgard Groggia (SP) x Janninfer de Souza (CE)

Mateus Sena (RN) x Luan Ferreyra (PE)

Lucas Silveira (RJ) x Deyvson Santos (RN)

Krystian Kymerson (ES) x Renan Pulga (SP)