Plastic Bank coleta 176 milhões de garrafas PET, desde o início das operações no Brasil, em 2019, evitando que o lixo chegasse ao Oceano

De acordo com a Plastic Bank, empresa canadense fundada em 2013, 176 milhões de garrafas PET foram coletadas no Brasil, desde 2019. Só nesse ano de 2022, foram 83.457.300, quase duas toneladas de plástico que fatalmente pderiam acabar poluindo rios e mares. Contudo, graças à inicitiva tiveram fim na reciclagem.

Plastic Bank possui app para viabilizar pagamento aos coletores. Divulgação Plastic Bank

por Janaína Pedroso

No Brasil, a Plastic Bank atua nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo e ao redor do mundo, a empresa celebra a marca de cerca de 3,4 bilhões de garrafas coletadas, o equivalente a 68,9 milhões de quilos de plástico.

Todo o plástico coletado é registrado no sistema em blockchain e encaminhado para reciclagem construindo a cadeia circular. A plataforma protege as transações e possibilita a visualização de dados em tempo real, garantindo transparência, rastreabilidade e escalabilidade ao processo de reciclagem do plástico.

Fundada em 2013 por David Katz, a plataforma atua hoje, além do Brasil, no Egito, nas Filipinas e na Indonésia, e conta com mais de 600 pontos de coleta.

Segundo a empresa, o objetivo é construir ecossistemas éticos de reciclagem e reprocessar os materiais para reintroduzi-los na cadeia de fornecimento para manufatura. Para isso existem pontos de coleta seletiva e integração dos coletores a um programa de remuneração pelo volume de plástico retirado das ruas, praias, rios e mares.